(Mundial Sub-21) Brasil perde para a Itália, mas está na segunda fase

Na última rodada da primeira fase do Campeonato Mundial Sub-21, a Seleção Brasileira (que venceu Polônia e Canadá) perdeu para a Itália por 3 sets a 0, parciais de 22/25, 15/25 e 18/25. Mesmo com a derrota, o time verde e amarelo segue para a segunda fase da competição, que ocorre no Bahrein, aparecendo no Grupo E ao lado de China, Rússia e Coréia do Sul. 

No jogo, o saque italiano fez a diferença, o que levou a muitos erros da equipe brasileira. O oposto Angellus, pelo Brasil, e os ponteiros Daniele Lavia e Francesco Recine, pela Itália, foram os maiores pontuadores do encontro, com 11 acertos cada um. 

“Cometemos um número excessivo de erros, e o jogo acabou ficando fácil para eles. A Itália é um time que erra pouco. Eles hoje colocaram um saque bem posicionado e nós erramos. Não conseguimos entrar no jogo. Até começamos bem no primeiro set, abrimos vantagem, mas depois não soubemos manter essa liderança”, comentou o técnico Giovane Gavio. 

O Brasil entrou com o oposto Angellus, o levantador Rhendrick, os centrais Juninho e Guilherme Voss, os ponteiros Victor Birigui e Lucas Figueiredo, e o líbero Bruno Bello. Entraram o levantador Gustavo Orlando, oposto Oppenkoski, o ponteiro Nathan Krupp e o central Gabriel Cotrim. 

A primeira partida dos brasileiros na segunda fase será nesta segunda-feira contra os chineses. A China ficou em primeiro no Grupo A, a Rússia liderou o Grupo C e a Coreia do Sul foi segundo do Grupo B. Agora, os quatro times jogam entre si e os dois melhores avançam para as semifinais. No Grupo F estão Itália, Bahrein, Irã e Argentina. 

foto: Getty Image/FIVB

Comentários