(Mundial Sub-21) Brasil derrota a China na estreia da segunda fase

A Seleção Brasileira começou bem a segunda fase do Mundial Sub-21, que acontece no Bahrein. O time verde e amarelo derrotou a China por 3 sets a 0, parciais de 28/26, 25/23 e 25/21, em jogo válido pelo grupo E. Nesta terça-feira, o adversário dos brasileiros será a Rússia e na quarta-feira, a equipe treinada por Giovane Gavio, encara a Coréia do Sul. 

O saque brasileiro foi uma arma importante (seis pontos diretos neste fundamento). O volume defensivo do Brasil também se destacou permitindo os contra-ataques que mantiveram o time na frente do placar na maior parte do segundo e terceiro sets. Os destaques individuais foram o ponteiro Victor Birigui, com 13 acertos, maior pontuador do jogo, e o oposto Angellus, que marcou 12 vezes. 

“Nosso sistema defensivo foi muito importante no jogo hoje. Nós estudamos muito eles, e sabíamos que a proposta de jogo deles é muito diferente do que estamos acostumados a ver no voleibol mundial, mas conseguimos anular essa tática deles. Foi muito importante começar essa nova fase da competição com vitória, isso nos dá tranquilidade para o próximo jogo”, comentou o ponteiro Victor Birigui. 

“Nós erramos muitos saques no primeiro set, e depois conseguimos melhorar isso. Este não foi o nosso melhor jogo, ficamos um pouco abaixo do que podemos fazer, mas o importante é que conseguimos a vitória. A China é um time que joga com muitas bolas cruzadas, faz um jogo diferente. E agora nosso foco se volta para Rússia, nosso próximo adversário, que é um dos melhores times da competição”, disse o técnico Giovane Gavio. 

O Brasil entrou em quadra contra a China com o oposto Angellus, o levantador Rhendrick, os centrais Edson Junio e Guilherme Voss, os ponteiros Victor Birigui e Lucas Figueiredo, e o líbero Bruno Bello. Entraram o oposto Oppenkoski e o levantador Gustavo Orlando. 

foto: Getty Image/FIVB

Comentários