Mão e Kadu são reforços no retorno do Paris Volley a elite francesa

Após ser campeão da Ligue B, o Paris Volley retorna a elite francesa na temporada 2019/2020 e para voltar aos bons tempos, quando foi campeão em 2015/2016, a diretoria foi buscar reforços brasileiros. Chegam para a equipe da capital, os ponteiros Mão, que estava no Arcada Galati, da Romênia, e Kadu, ex-Vibo Valentia, da Itália, que devem ser titulares absolutos. 

Tiago Gationi Wesz, mais conhecido como Mão, iniciou a carreira no voleibol gaúcho e tem passagem por vários clubes brasileiros importantes, como Sada/Cruzeiro, Minas Tênis Clube, Sesi-SP e Vôlei Renata. O jogador de 30 anos vai para a sua segunda temporada no exterior, sendo que na Romênia conquistou o título do campeonato nacional, classificando a equipe para a Champions League. 

Já Carlos Eduardo Barreto Silva, o Kadu, chega para o Paris Volley querendo mostrar todo seu potencial. Revelado pelo Pinheiros e com passagens por Sada/Cruzeiro e Montes Claros, o ponteiro foi para o Vibo Valentia, onde se destacou na temporada 2016/2017. Entretanto foi pego no doping após uso de um creme cicatrizante para a pele, usado para a remoção de espinhas. Após um ano longe das quadras, o ponteiro de 25 anos voltou a jogar pelo clube italiano e disputou o Campeonato Mundial do ano passado com a Seleção Brasileira. 

Além dos dois brasileiros, o Paris Volley já anunciou as renovações do líbero Julien Lavagne, dos centrais Franck Lafitte e Ardo Kreek, além do levantador Gjorgi Gjorgiev, da Macedônia. A expectativa é que o time francês anuncie em breve a contração do também ponteiro Tatsuya Fukuzawa, que estava no Panasonic Panthers, do Japão. 

foto: Divulgação

Comentários