Com mais de 300 jogos, Liga Amadora de Voleibol de Maringá chama atenção

Que o voleibol é um dos esportes mais praticados no Brasil não é novidade para ninguém, mas ter competições bem organizadas, com patrocinadores e que tenham duração de nove meses no ano é algo que chama a atenção. A Liga Amadora de Voleibol de Maringá consegue esse feito realizando mais de 300 jogos e contando com 57 equipes masculinas e femininas. 

Para se ter uma ideia, só na categoria masculino livre temos 21 times na disputa, sendo divididos em dois grupos na 1ª fase. As partidas ocorrem em vários ginásios da cidade e contam com a presença de arbitragem da Federação Paranaense de Voleibol. Além disso, os destaques individuais de cada jogo são premiados com troféus oferecidos por um dos patrocinadores.

A competição começou em março e vai até novembro. Algo que também chama a atenção é a participação (até o final) de equipes que não tenham conquistado classificação paras as fases seguintes, sendo que elas disputam entre si uma melhor posição na classificação geral. Isso facilita a presença de mais times, que podem entrar em quadra por mais tempo, independente do resultado. 

Com um site bem estruturado, você acompanha: tabela de jogos, resultados e informações sobre as equipes. A organização do torneio se vê desde sua criação em 2013, com a presença de apenas sete times femininos, ou seja, uma evolução crescente. Além disso, vale destacar os trabalhos sociais, com ações voltadas a comunidade 

Para muitos a palavra ‘amador’ ainda tem um significado pejorativo, muita vezes, indicando alguém que não sabe realizar algo. Entretanto, a Liga Amadora de Voleibol de Maringá mostra que ‘amador’, neste caso, é organizar um torneio interessante, envolvendo pessoas que amam esse esporte. 

foto: Divulgação

Comentários