Em parceria com Montes Claros, América Mineiro ingressa no voleibol

Na semana que completa 107 anos de vida, o América Mineiro anunciou uma parceria com Montes Claros e terá uma equipe de voleibol profissional, chamada América Vôlei, que disputará, entre outras competições, a Superliga 2019/2020. A negociação entre o Coelho e a Associação Educacional Esportiva e Social do Brasil (AEESB/Montes Claros) vinha ocorrendo desde janeiro. 

“O América Vôlei é um projeto grandioso e de longo prazo. O América tem o vôlei em sua história e, com essa parceria, resgatamos a essência de nossas modalidades olímpicas. Estamos felizes de estar ao lado do Montes Claros Vôlei, que já ocupa um importante espaço no cenário nacional. Temos tudo para alçar voos altos”, afirmou o presidente do América, Marcus Salum. 

“Desde sua criação, o Montes Claros Vôlei construiu uma história de participação, competência e efetividade nos resultados. Agora, visando um passo ainda maior e de mais abrangência no Estado, fizemos essa parceria com o América, uma grande instituição no cenário esportivo nacional. Acredito muito no sucesso dessa parceria e em uma participação efetiva na Superliga 2019/2020. Temos metas audaciosas, como a de chegar entre as melhores equipes do cenário nacional e internacional”, afirmou o gestor do Montes Claros Vôlei, Andrey Souza, que estará à frente do projeto. 

Em sua primeira temporada, o América Vôlei terá o Campeonato Mineiro e a Superliga 2019/2020, podendo ainda disputar a Copa Brasil, caso fique entre as oito primeiras equipes ao término do primeiro turno da Superliga. Os jogos como mandante acontecerão no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros, com capacidade para 10 mil espectadores. 

Inicialmente, a AEESB/Montes Claros ficará responsável por toda gestão financeira e técnica do projeto, incluindo montagem de equipe, logística de viagens, jogos e treinamentos. O América Mineiro entra com todo o fornecimento de material esportivo, além da utilização da marca para aproximar ainda mais patrocinadores e parceiros ao projeto. 

“Esse é um projeto que busca o crescimento da nossa torcida e da nossa marca. Buscamos aproximação com fãs de outras modalidades e, também, com o torcedor do interior de Minas Gerais. especialmente da região de Montes Claros. Estamos muito empolgados com o América Vôlei”, analisou o diretor de marketing e negócios do Coelho, Erley Lemos. 

Quanto a elenco, Andrey Souza vem em conversas adiantadas com a diretoria do Sada/Cruzeiro para realizar uma parceria utilizando jovens da base celeste. Além disso, existe a possibilidade da Raposa ceder parte da comissão técnica, com destaque para o técnico Henrique Furtado, que disputou a Superliga B com o Lavras Vôlei. 

foto: João Zebral/América

Comentários