Com destaque para brasileiros, Benfica recupera título do Campeonato Português

No último dia 25, o Benfica venceu o clássico diante do Sporting por 3 sets a 1, parciais de 25/19, 23/25, 16/25 e 19/25, fora de casa, e sagrou-se campeão português. Sob o comandado do brasileiro Marcel Matz, a equipe recuperou o título, levantando pela oitava vez o troféu nacional. Além do treinador, vale destacar a presença do oposto Theo, do ponteiro Rapha e do central Zelão. 

“Estou muito feliz, tivemos três momentos de muita dificuldade. Primeiro foi a derrota no primeiro jogo, algo que depois recuperamos em casa. No terceiro jogo saímos de um buraco e nesta quarta partida estávamos a atrás e mostramos um poder muito forte de reação. Estou feliz, mas também chateado por não poder comemorar com a nossa torcida em casa”, declarou Marcel Matz, em entrevista ao jornal O Jogo. 

“Sabíamos que ia ser um jogo difícil, mas nós conseguimos colocar a emoção de lado e acabamos por colocar em prática tudo aquilo que tínhamos estudado e treinado durante a semana. Correu bem para nós e conseguimos o título nacional de novo. É a segunda vez que ganho este título pelo Benfica e estou mesmo muito feliz por isso”, disse o ponteiro Rapha. 

“Estávamos preparados e muito confiantes! Soubemos ser fortes nos momentos decisivos e manter sempre a cabeça fria. A vitória no segundo set, a reviravolta no jogo, foi fundamental, o momento-chave, porque fez equipa crescer muito e os adeptos também ganharam um novo ânimo. Eles foram muito importantes e deram-nos muita força. Foi uma temporada muito boa, excelente”, afirmou o oposto Theo. 

A campanha do Benfica no Campeonato Português chama a atenção, já que na fase classificatória perdeu apenas uma partida e venceu 25, obtendo a melhor campanha. Na semifinal passou em três jogos pelo A.J.F. Bastardo, perdendo apenas um set, enquanto na decisão derrotou o Sporting por 3 jogos a 1, de virada. 

foto: Isabel Cutileiro/SL Benfica

Comentários