(Superliga) Sada/Cruzeiro e EMS Taubaté/Funvic fazem duelo decisivo

Neste sábado, às 21h30min, Sada/Cruzeiro e EMS Taubaté/Funvic se enfrentam no ginásio do Riacho, em Contagem, pela terceira partida da série melhor de cinco das semifinais da Superliga 2018/2019. O time paulista venceu os dois primeiros jogos e com uma vitória garante vaga na decisão, enquanto a equipe celeste precisa vencer para forçar um quarto jogo. A partida terá transmissão do SporTV 2. 

Após perder duas partidas, o Sada/Cruzeiro entra em quadra precisando ganhar de qualquer maneira para seguir na competição. Além de contar com a força de sua torcida, os comandados de Marcelo Mendez tem a seu favor o retrospecto da edição passada, onde também nas semifinais, virou a série sobre o mesmo Taubaté, e chegou a decisão. Para reverter o placar, todos no time celeste sabem que precisam sacar muito bem e tentar parar o bom momento de Lucarelli. 

“Vivemos este momento no ano passado, mas agora temos que pensar pra frente, no presente. Temos que pensar no que fizemos de errado, tivemos bola pra fechar o quarto set lá em Taubaté e falhamos. Mas creio que a gente tem totais condições de vencer. Agora é o famoso tudo ou nada. Mas é tudo ou nada sem perder a lucidez do jogo, sem perder aquilo que fizemos de bom. Na partida em Taubaté nós sacamos muito melhor, e é seguir neste mesmo nível. Temos condições de fazer o placar aqui dentro de casa e vamos buscar. Esse é o tipo de jogo gostoso de jogar, no qual temos que jogar no máximo, e em uma intensidade maior do que a gente fez lá na casa deles. É um jogo que se decide em detalhes, qualquer ponto é importante e quando se tem a chance é pra matar. Vamos no nosso máximo”, afirmou o central Isac. 

“Falhamos em alguns detalhes na hora de decidir e fechar os sets. Poderíamos ter fechado, tivemos as chances. Sábado isso não pode acontecer. O sentimento agora é de mais uma final, de decisão, e de ter que entregar tudo ali dentro da quadra pra conseguir manter a série viva. Temos chances, sim. Ano passado conseguimos reverter a situação. Tudo pode acontecer porque são duas equipes fortes”, analisou o levantador Cachopa. 

“Fizemos um bom jogo em Taubaté, temos que melhorar em algumas coisas e vamos preparados para mais uma grande partida em casa. Eu confio na equipe, tivemos uma temporada de muita superação e todos os jogadores querem fazer um grande trabalho. Vamos com tudo pra buscar a vitória em casa”, disse o técnico Marcelo Mendez. 

A situação idêntica a temporada 2017/2018 serviu de aprendizado para todos na EMS Taubaté/Funvic e para que o mesmo não ocorra novamente, o objetivo é encerar a série semifinal já neste sábado. O técnico Renan Dal Zotto conta com alguns jogadores em grande fase, como o ponteiro Lucarelli, o central Lucão e principalmente os levantadores Rapha e Nico Uriarte, que conseguem modificar o estilo de jogo em determinado momento da partida. 

“O que aconteceu na temporada passada foi um grande aprendizado para nós, quando abrimos dois jogos a zero e acabamos sofrendo três derrotas consecutivas e ficando fora. A lição que fica é que temos de manter a intensidade. Vencemos jogando com agressividade os dois jogos, e não podemos amolecer agora, é preciso dar tudo em quadra para manter essa intensidade.”, comentou o ponteiro Lucarelli, que afirmou ver o time muito focado na partida que pode dar a vaga na final. 

“Essa semana foi de muito estudo e treinos justamente focados no que nós não fizemos tão bem nos dois primeiros jogos, e também mirando neutralizar os pontos fortes do Sada. Nossa equipe como um todo é muito qualificada e está crescendo no momento certo. Estamos conseguindo tirar o melhor de cada um nos jogos, quem está no banco e entra mantém o alto nível, confirmando que nossa força está sim num elenco muito bom e que esse caminho escolhido está rendendo bons frutos.”, finalizou o campeão olímpico. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Leandro Vissoto, Lucarelli, Conte, Lucão, Otávio e Thales (líbero)
técnico: Renan Dal Zotto

foto: Agencia i7/Sada Cruzeiro

Comentários