(Superliga) No tie-break, EMS Taubaté/Funvic bate Sada/Cruzeiro e abre 2 a 0

Na segunda partida pela semifinal da Superliga 2018/2019, o EMS Taubaté/Funvic derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 2, parciais de 25/15, 19/25, 16/25, 29/27 e 15/12, no ginásio Abaeté. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba abriu 2 a 0 na série melhor de cinco partidas e poderá se classificar a decisão caso vença o duelo do próximo sábado, às 21h30min, no ginásio Riachão, em Contagem. 

O primeiro set foi de clara superioridade da EMS Taubaté/Funvic, que se manteve sempre à frente do placar, sacando bem e de forma agressiva durante todo o período. Com bom aproveitamento dos ponteiros nas bolas de ataque, a equipe taubateana não deu chances ao Sada/Cruzeiro e fechou o set em 25 a 15. 

O segundo set foi de reação do Sada/Cruzeiro, que voltou errando bem menos e sacando melhor. A defesa cruzeirense foi bem mais efetiva do que no primeiro set, e conseguiu encaixar contra-ataques importantes. A EMS Taubaté/Funvic não manteve a mesma intensidade no saque e sofreu na recepção. Com mais efetividade em praticamente todos os fundamentos, o Sada/Cruzeiro fechou em 19 a 25. 

O terceiro set foi mais equilibrado, com a EMS Taubaté Funvic voltando a forçar mais o saque. Pelo lado do Sada/Cruzeiro, a recepção e os contra-ataques funcionaram bem. A EMS Taubaté Funvic cometeu mais erros e não conseguiu encaixar o saque. O Sada/Cruzeiro foi superior em todo o set e confirmou a vitória por 16 a 25. 

O quarto set começou bem equilibrado, com as duas equipes forçando bem o saque. O Sada/Cruzeiro conseguiu ser mais efetivo no serviço e continuou com seus ponteiros desequilibrando o jogo. O Taubaté não conseguiu neutralizar o saque cruzeirense, e com muitos erros de recepção, acabou deixando o adversário abrir boa vantagem. A EMS Taubaté Funvic voltou para o jogo com bom aproveitamento no saque e na recepção. Num final de set emocionante, as duas equipes disputaram ponto a ponto em um clima de muita rivalidade. O Sada/Cruzeiro chegou a estar bem perto de fechar a partida, mas o Taubaté não se entregou. Errando menos nos momentos decisivos, o Taubaté fechou com um ataque do ponteiro Lucarelli em 29 a 27. 

No quinto e decisivo set, Sada/Cruzeiro começou melhor, mas a EMS Taubaté/Funvic logo se impôs com o saque entrando muito bem. Forçando erros dos mineiros, os taubateanos conseguiram abrir vantagem confortável e mantiveram a agressividade no serviço até o final, vencendo por 15 a 12. 

“A equipe do Sada/Cruzeiro é muito qualificada. Eles começaram a imprimir o ritmo de saque, sofremos com isso, mas depois passamos a sacar melhor e começamos a bloquear também. Esse jogo é isso. São equipes com muita qualidade e se eu pudesse dividiria esse troféu com cada um do time. Todos ajudaram muito. E, além disso, a torcida foi fundamental. Estou realmente muito feliz. A torcida tem uma porcentagem muito grande nessa vitória”, disse o ponteiro Lucarelli. 

“Quando acabou o terceiro set, conversei com o Conte, que se mostrou totalmente disponível e acabou nos ajudando muito. Essa mudança já havia sido pensada, mas foi uma solução encontrada pela necessidade do jogo. Os atletas estão de parabéns, foram voluntariosos, não desistiram em momento algum, desde o primeiro jogo, lá em Contagem, e isso foi importantíssimo para essas vitórias. Porém, sabemos que do outro lado tem um grande adversário e o nível de atenção tem que aumentar ainda mais a partir de agora”, analisou o técnico Renan Dal Zotto. 

“Depois que entrei consegui dar uma equilibrada, o time conseguiu render um pouco mais, mas faltou um detalhezinho no final e são esses detalhes que fazem a diferença. Não tem nada certo ainda. Ano passado saímos de um resultado como esse e viramos a série. Agora é chegar em casa, com a nossa torcida, e buscar um resultado positivo”, afirmou o ponteiro Filipe. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Leandro Vissoto, Lucarelli, Conte, Lucão, Otávio e Thales (líbero)
entraram: Nico Uriarte, Abouba e Douglas Souza
técnico: Renan Dal Zotto

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Sandro, Luan, Filipe e Leozinho
técnico: Marcelo Mendez

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro

(Paulista) Sesi-SP estreia contra a Climed/Atibaia nesta quarta-feira