(Superliga) EMS Taubaté/Funvic recebe o Sesi-SP no segundo jogo da decisão

Neste sábado, às 21h30min, o EMS Taubaté/Funvic recebe o Sesi-SP, no ginásio Abaeté, pelo segundo jogo da série melhor de cinco da decisão da Superliga 2018/2019. No primeiro duelo, realizado em São Paulo, os comandados de Rubinho levaram a melhor e por conta disso, todos no time do Vale do Paraíba só pensam em vencer em casa para empatar o confronto. A partida terá transmissão do SporTV 2. 

Na última terça-feira, no ginásio da Vila Leopoldina, o EMS Taubaté/Funvic foi superado por 3 sets a 0. Apesar da derrota, o clima entre o elenco é de foco total e confiança para o segundo jogo. A equipe comandada por Renan Dal Zotto aproveitou os vários dias de treinamento para acertar alguns pontos, estudar ainda mais o adversário e focar na reabilitação. 

“Trabalhamos bem nesses dias após o jogo em São Paulo, com tranquilidade e absorvendo nossos erros para que não voltem a ocorrer nesse segundo jogo. Nosso time tem jogadores experientes que sabem lidar com esse tipo de pressão e em outros momentos saímos de situações adversas. Sabemos da importância também de confirmar a vitória, especialmente por estarmos jogando no nosso ginásio. Contamos com o apoio do público, que sempre faz muita diferença”, comentou o levantador e capitão Rapha. 

“O Sesi-SP é um time que tem um volume de jogo muito grande, que erra muito pouco, agride o adversário o tempo todo e oscila pouco. Nós temos estudado e analisado muito a forma deles jogarem, e claro que o primeiro jogo não foi o que nós esperávamos, mas seguimos trabalhando e buscando nosso melhor jogo. Precisamos colocar em prática o que estamos trabalhando, e impor um voleibol também agressivo e de pressão sobre eles. Com certeza será um jogo bem equilibrado neste sábado e quem errar menos, terá vantagem”, comentou o técnico Renan Dal Zotto. 

Após realizar uma partida quase perfeita no primeiro duelo da série decisiva, o Sesi-SP tratou de segurar a ansiedade e trabalhar com calma durante a semana. O técnico Rubinho sabe que uma vitória dentro do Abaeté coloca a sua equipe em uma posição bastante privilegiada, mas o objetivo é segurar o adversário, que deve forçar bastante o saque, e buscar cada ponto e cada set. 

“Sempre nos preparamos para jogar cinco sets. Acredito que aproveitamos o fator casa e fizemos um bom jogo, empurrados pela nossa torcida. Do mesmo modo que nós, eles terão uma grande torcida jogando junto lá, em Taubaté, e temos que ter a mente preparada como sempre. Sem dúvida será uma partida mais difícil do que a primeira”, declarou o ponteiro Lucas Lóh. 

“Cobrar uma performance dessas durante toda a série é quase injusto com a gente. Mas vamos buscar o mesmo nível de atenção. Nosso objetivo é segurar o saque do Taubaté. Em alguns momentos eles tiveram de mudar para o flutuante, coisa que a gente não viu na semifinal. Eles forçaram o tempo todo contra o Cruzeiro. A gente viu que quando o saque deles entra consegue fazer a diferença”, disse o líbero Murilo. 

Equipes:

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Leandro Vissoto, Lucarelli, Conte, Lucão, Otávio e Thales (líbero)
técnico: Renan Dal Zotto

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários