(Superliga) EMS Taubaté/Funvic derrota Sada/Cruzeiro e abre 1 a 0 na semifinal

Mesmo jogando no ginásio do Riacho, em Contagem, a EMS Taubaté/Funvic foi para cima e venceu o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 1, parciais de 28/30, 19/25, 25/22 e 24/26, no primeiro duelo da semifinal da Superliga 2018/2019. Com o resultado, o time paulista, que teve a terceira melhor campanha da fase classificatória, abriu 1 a 0 na série melhor de três partidas. Os dois times voltam a se enfrentar nesta terça-feira, às 21h30min, no ginásio Abaeté. 

O primeiro set começou com o Sada/Cruzeiro impondo muita pressão no saque e também com boa atuação no bloqueio. O time mineiro chegou a abrir sete pontos de vantagem. A EMS Taubaté/Funvic reagiu, passando a ser mais efetiva no saque e na defesa, diminuindo a diferença no placar. O Sada/Cruzeiro seguiu na dianteira com boa atuação da recepção e bom aproveitamento dos contra-ataques. O Taubaté não se entregou, buscou a reação e equilibrou as ações na reta final do set. Ponto a ponto, os times lutaram por 36 minutos, até a EMS Taubaté Funvic fechar com um ponto de saque do oposto Vissotto em 28 a 30. 

O segundo set começou com as duas equipes forçando bastante o saque, o que resultou em muitos erros dos dois lados. Aos poucos o time taubateano encaixou o saque e passou a ditar o ritmo do set. Com mais efetividade no passe e nos ataques, a EMS Taubaté/Funvic abriu vantagem e se manteve no controle da partida. Os visitantes fecharam com um bloqueio de Vissotto, fazendo 19 a 25. 

O terceiro set começou com o Sada/Cruzeiro sacando muito e abrindo incríveis 6 a 0. A EMS Taubaté/Funvic reagiu e voltou para o jogo, também com bom aproveitamento no saque. O set seguiu bem equilibrado, mas com o Sada Cruzeiro sempre à frente, mantendo o bom aproveitamento no serviço e nos contra-ataques. Contando com mais erros por parte do Taubaté, o Sada/Cruzeiro fechou em 25 a 22. 

O quarto set foi o mais equilibrado da partida, com as duas equipes variando bem o saque. A EMS Taubaté/Funvic seguiu apostando nas bolas com os ponteiros, com destaque para a atuação de Lucarelli. O Sada Cruzeiro chegou a ter um set point, mas com boa passagem do ponteiro Douglas Souza no saque, o Taubaté empatou e conseguiu vencer o set com o um bloqueio de Leandro Vissotto, fechando em 24 a 26. 

“Sabíamos que seria um jogo difícil. Estou feliz porque a equipe toda jogou muito bem. Suportamos a pressão do saque deles. Os jogadores foram todos bem e a equipe está de parabéns. Um jogo de semifinal é como uma partida de xadrez e hoje conseguimos sacar bem o que foi importante”, explicou o ponteiro Lucarelli. 

“Sabíamos que seria necessário sacarmos bem e isso não aconteceu. Nos momentos que sacamos melhor, tivemos em vantagem, mas foi um grande jogo. Tenho que parabenizar a equipe de Taubaté que recuperou bolas muito difíceis e isso mostra a garra do time deles. Agora temos que nos preparar para o jogo de terça-feira na casa deles”, garantiu o central Isac. 

“Ninguém esperava um jogo fácil. Ninguém espera que a série seja tranquila. A gente sabe da qualidade da equipe de Taubaté, mas não tem nada ganho antes do juiz apitar, da bola cair no chão na última partida. Hoje eles foram mais constantes, sacaram melhor que a gente e isso em alguns momentos fez diferença. O próximo jogo será difícil de novo e vamos nos preparar para ir com tudo”, disse o ponteiro Rodriguinho. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Sandro, Luan e Leozinho
técnico: Marcelo Mendez

EMS Taubaté/Funvic
: Rapha, Vissoto, Lucarelli, Conte, Lucão, Otávio e Thales (líbero)
entraram: Nico Uriarte, Abouba, Douglas Souza, Fabiano e Robinho
técnico: Renan Dal Zotto

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários