(Superliga) EMS Taubaté/Funvic bate Sada/Cruzeiro e vai para a final

A EMS Taubaté/Funvic derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 2, parciais de 21/25, 36/34, 25/19, 19/25 e 15/12, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado, o time paulista fechou a série melhor de cinco da semifinal da Superliga 2018/2019 por 3 a 0, garantindo assim classificação na final. Na decisão, os comandados de Rena Dal Zotto enfrentarão o Sesi-SP. 

O primeiro set foi bem equilibrado, com as duas equipes apostando no saque forçado. Com o ímpeto de forçar o serviço, o resultado foi de muitos erros dos dois lados no saque. Nas bolas que entraram em jogo, destaque para os atacantes das duas equipes, que tiveram bons aproveitamentos. O Sada/Cruzeiro manteve bom aproveitamento no saque e na recepção, conseguindo boa efetividade nos contra-ataques. Cometendo mais erros, a EMS Taubaté/Funvic não conseguiu equilibrar o jogo na reta final, e o Sada/Cruzeiro fechou o primeiro set em 25 a 21. 

O segundo set começou com o Sada/Cruzeiro melhor, encaixando bem o saque forçado e complicando a recepção da EMS Taubaté/Funvic. Pelo lado taubateano, a aposta foi também no saque forçado, e os ponteiros foram as bolas de segurança durante o período. O jogo foi extremamente equilibrado na reta final, com as duas equipe pouco errando no ataque. Após muitas trocas de bola emocionantes, o Taubaté conseguiu fechar em 36 a 34, num ace do central Otávio, empatando a partida. 

O terceiro set foi de amplo domínio da EMS Taubaté Funvic. Sacando melhor e com a recepção trabalhando muito bem, os taubateanos logo abriram boa vantagem e comandaram o jogo. O bloqueio foi decisivo em vários momentos, e contando também com muitos erros do Sada Cruzeiro especialmente no saque, o Taubaté venceu por 25 a 19, virando o jogo. 

O quarto set começou com o Sada Cruzeiro indo para o tudo ou nada, com a necessidade de vencer para se manter vivo na Superliga Cimed. Forçando bem o saque, o Sada pressionou a recepção taubateana, que passou a cometer mais erros. O set foi marcado por mais lances polêmicos, desafios pedidos de ambos os lados e clima de muita rivalidade. Com maior efetividade na recepção e no ataque na reta final, o Sada Cruzeiro venceu por 25 a 19, empatando o jogo e forçando o tie-break. 

No quinto e decisivo set, o equilíbrio voltou ao jogo. A EMS Taubaté/Funvic passou a buscar uma maior variação de saque, enquanto o Sada continuou apostando no serviço forçado. Pelo lado taubateano, Lucarelli foi o mais acionado pelo levantador Uriarte, virando bolas importantes. Errando menos e com a recepção suportando muito bem a pressão do saque cruzeirense, o Taubaté fechou em 15 a 12. 

“Foi uma das partidas mais difíceis do campeonato, jogar aqui em Contagem nunca é fácil. Nós soubemos impor nosso jogo, reverter situações difíceis e suportar a pressão, a chave da vitória esteve aí. Fechar por três jogos a zero contra uma equipe tão forte quanto o Sada, é uma honra, e nos dá muita moral nessas finais que virão pela frente”, afirmou o ponteiro Douglas Souza. 

“É claro que estamos todos muito felizes com essa classificação, mas quero parabenizar o Sada Cruzeiro, que teve a coragem de colocar dois jovens de titulares o tempo todo, que são o Fernando Cachopa e o Rodriguinho. Hoje foi um jogo onde os detalhes fizeram a diferença, qualquer um podia sair vencedor e nos fomos agraciados com a vitória”, destacou o técnico Renan Dal Zotto. 

“O time jogou de igual para igual, e deu o seu melhor. Não estamos felizes com este resultado, mas estamos tranquilos, porque deixamos tudo o que podíamos dentro de quadra. Agora é começar de novo e nos reorganizar para a próxima temporada. Mas não podemos também nos esquecer das coisas positivas que tivemos. Foi uma temporada difícil, de muita superação”, avaliou o técnico Marcelo Mendez. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Sandro, Luan, Filipe e Lucas Bauer
técnico: Marcelo Mendez

EMS Taubaté/Funvic: Rapha, Leandro Vissoto, Lucarelli, Conte, Lucão, Otávio e Thales (líbero)
entraram: Nico Uriarte, Douglas Souza, Fabiano, Abouba e Robinho
técnico: Renan Dal Zotto

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações