Norte-americano Sander se despede do Sada/Cruzeiro e clube já busca reposição

Os jogadores e comissão técnica do Sada/Cruzeiro se reuniram na última terça-feira, em um restaurante em Belo Horizonte, em evento que finalizou oficialmente as atividades da temporada 2018/2019. E o norte-americano Taylor Sander, que acertou sua transferência para o Dynamo, da Rússia, aproveitou para se despedir do grupo. Com a camisa celeste, o ponteiro conquistou o Campeonato Mineiro, a Copa Brasil e o Sul-Americano. 

“Eu fui muito feliz aqui, eu e minha família fomos muito bem recebidos e gostei muito de todos, dos torcedores, das pessoas que conheci aqui no Brasil. Faltou o título da Superliga e eu gostaria muito de voltar a jogar no Sada Cruzeiro, para ganhar este troféu importante. Eu realmente queria muito continuar aqui e se um dia eu voltar a jogar no Brasil, seria somente pelo Sada Cruzeiro. É um clube onde fui muito feliz, as pessoas me receberam muito bem, fiz amigos e gostei muito do convívio com meus colegas e com todos os profissionais do clube. Eu espero voltar em breve”, disse Taylor Sander. 

Com a saída de Sander, a diretoria do Sada/Cruzeiro busca uma reposição no mercado e o primeiro nome da lista foi de Lucarelli, finalista da Superliga 2019/2020, que optou por renovar com o EMS Taubaté/Funvic. Caso o central francês Le Roux permaneça, os mineiros não irão buscar um estrangeiro, pois o levantador Nicolas Uriarte, também do EMS Taubaté/Funvic, está acertado, impedindo assim a chegada de alguém fora do Brasil. 

foto: Ana Flávia Goulart/Sada Cruzeiro

Comentários