(Superliga) UM Itapetininga recebe Sesi-SP no segundo jogo das quartas de final

O Vôlei UM Itapetininga recebe o Sesi-SP, nesta quinta-feira, às 19h, no ginásio Ayrton Senna, pelo segundo jogo das quartas de final da Superliga 2018/2019. Como venceu o primeiro duelo na Vila Leopoldina, o clube paulistano joga por uma vitória para chegar as semifinais, enquanto os comandados de Fabiano Magoo precisam ganhar para forçar um terceiro confronto. A partida terá transmissão do SporTV 2. 

Após perder por 3 sets a 0 na primeira partida, o Vôlei UM Itapetininga entra em quadra com a ‘obrigação’ de vencer se quiser continuar vivo na competição. Para isso, a equipe confia na força que vem das arquibancadas e no bom momento vivo pelo time, que em sua primeira participação na elite nacional garantiu um lugar nos playoffs. 

“Com o passar dos jogos, nosso time vem melhorando bastante. Atingimos nosso objetivo que era classificar para os playoffs, mas agora é pensar além. A expectativa para esse segundo jogo contra o Sesi-SP está muito boa, estamos confiantes em jogar bem ao lado da nossa torcida. Ganhar o perder vai ser consequência. Estamos com o pensamento de fazer nosso melhor dentro de quadra”, afirmou o ponteiro Victor Birigui. 

Pelo lado do Sesi-SP, a melhor campanha na fase classificatória e a boa vitória no primeiro jogo não garantem em nada a vaga na semifinal caso o time não entre concentrado. Apesar de serem os favoritos na série, ninguém da equipe treinada por Rubinho entra no clima de ‘já ganhou’, mas todos sabem da responsabilidade de avançar de fase. 

“O ponto principal dessa partida é o controle emocional. Isso é fundamental para enfrentar uma equipe jovem, com muito potencial de saque e que, em casa, vai ser empurrada pela torcida. Acredito que esse vai ser um desafio maior que a primeira partida, mas nosso time está preparado para ele (...) Sem dúvida eles estudarão nosso jogo melhor e vão buscar a correção no que falharam. Será um desafio mais difícil do que o primeiro”, disse o ponteiro Lucas Lóh. 

“O nosso primeiro jogo não foi muito bom. Claro que a vitória veio e foi muito importante, mas tecnicamente deixamos a desejar e isso não pode acontecer em Itapetininga. Eles estão com um projeto legal, no primeiro ano de Superliga já se classificaram entre os oito times, estão com um baita treinador e jogadores de muito potencial. Isso tudo só nos alerta da atenção que temos que ter. O foco é ajustar o que não foi bom no primeiro jogo e fazer uma boa partida”, explicou o capitão e levantador, William. 

Equipes:

Vôlei UM Itapetininga: Jarman, Sanchez, Wennder, Victor Birigui, Pedro, Ademar e Filipinho (líbero)
técnico: Fabiano Ribeiro

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: Alex Júnior

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro

(Paulista) Sesi-SP estreia contra a Climed/Atibaia nesta quarta-feira