(Superliga) Sesi-SP derrota UM Itapetininga e fica a uma vitória da semifinal

O Sesi-SP levou a melhor sobre o Vôlei UM Itapetininga por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/19 e 25/19, em partida realizada no ginásio da Vila Leopoldina. Com o resultado, o clube paulistano abriu 1 a 0 na série melhor de três das quartas de final da Superliga 2018/2019 e joga por uma vitória na próxima quinta-feira, às 19h, no ginásio Ayrton Senna. Já os comandados Fabiano Magoo precisam vencer para forçar um terceiro confronto. 

A partida iniciou com o Sesi-SP melhor em quadra e colocando 6 a 3 no placar. Em bom desempenho do central Price no saque, o Vôlei UM Itapetininga encostou 14 a 13, dando mais emoção ao duelo. Com destaque para o oposto Alan e o ponteiro Lucas Lóh, os donos da casa conseguiram abrir boa vantagem: 21 a 17, mas novamente os visitantes reagiram e encostaram após ataque de Daniel: 22 a 22. No final, muita disputa e vitória do Sesi-SP por 25 a 23. 

O segundo set foi marcado por um inicio bastante equilibrado: 7 a 7. Com Lucas Loh em grande noite, o Sesi-SP conseguiu uma pequena vantagem no placar: 11 a 9, sendo que essa diferença aumento devido ao bom aproveitamento de saque (com direito a ace do oposto Alan): 20 a 15. No final, os donos da casa tiveram certa tranquilidade para alcançar a vitória por 25 a 19. 

Com 2 sets a 0 a favor era de se esperar uma certa ‘acomodação’ do Sesi-SP na terceira parcial, mas o que se viu foi uma grande atuação no inicio com direito a 5 a 1. O Vôlei Itapetininga errava demais e mesmo forçando uma reação, não conseguia se aproximar no placar: 12 a 6. Com o saque bem encaixado e muita qualidade no side-out, os donos da casa fizeram 17 a 11. No final, com bastante tranquilidade e com controle total do jogo, o Sesi-SP fez 25 a 19. 

“Todos fizeram um excelente trabalho hoje. Neste momento, acontece um pouco da ansiedade de início de playoff e, por isso, cometemos erros que não podem se repetir. Depois controlamos a ansiedade e conseguimos imprimir nosso ritmo. O Itapetininga deu muto trabalho. São jovens, com vigor físico muito alto, vem para o saque forte e temos que saber controlar isso muito bem”, comentou o ponteiro Lucas Lóh, que garante já está atento ao segundo duelo do playoff. 

“Fico feliz pelo resultado final, mas sabemos que ainda não tem nada definido. No meio da semana temos o jogo em Itapetininga e espero sair vitorioso de lá também”, complementou o jogador do Sesi-SP. 

“Fizemos um bom primeiro set, mas a equipe do Sesi-SP é muito forte, vem muito bem durante todo o campeonato e sabíamos da dificuldade que teríamos nesta série. Além disso, acho que faltou um pouco de garra, vibração no nosso grupo. Depois do primeiro set, faltou um pouco da mesma pegada nos outros”, disse o ponteiro Victor Birigui. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
entraram: Evandro, Barret Douglas Pureza e Franco
técnico: Rubinho

Vôlei UM Itapetininga: Jarman, Sanchez, Wennder, Victor Birigui, Pedro, Ademar e Filipinho (líbero)
entraram: Rodriguinho, Guilherme Emina e Daniel
técnico: Fabiano Ribeiro

foto: Jacqueline Magnani/Sesi-SP

Comentários