(Superliga) Sesc-RJ bate Vôlei Ribeirão e confirma 4ª colocação para os playoffs

Mesmo jogando na Cava do Bosque, o Sesc-RJ venceu, de virada, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão por 3 sets a 1, parciais de 25/20, 14/25, 22/25 e 22/25, pela ultima rodada da fase de classificação da Superliga 2018/2019. Com o resultado, o time carioca confirmou a 4ª colocação, com 36 pontos, enquanto a equipe paulista terminou sua participação na 10ª posição, com 19 pontos. 

Com uma Cava do Bosque lotada para apoiar o time ribeirão-pretano em sua última apresentação na temporada, o Vôlei Ribeirão teve grande atuação no primeiro set e fechou a parcial em 25 a 20. O ponto da vitória contou com a participação do jovem João Meirelles, aprovado pela comissão técnica durante uma seletiva, no início do projeto, e que assim fez sua estreia em Superliga. 

Na sequência do jogo, o Sesc-RJ impôs um ritmo forte, sendo que no segundo set o que se viu foi um grande trabalho de distribuição de Thiaguinho e a vitória por 14 a 25. A terceira e quarta parciais foram bastante equilibradas, mas o oposto Wallace mostrou porque é um dos principais jogadores do mundo (fez 24 pontos na partida) e ajudou a equipe a vencer por duplo 22 a 25. 

“Tínhamos um objetivo, que era a vitória para garantir essa quarta posição. Conseguimos o resultado positivo e agora viramos a página, a fase de classificação acabou e temos uma série muito difícil pela frente contra o Minas. Cada jogo é decisivo em playoffs, precisamos dar o máximo e vamos com esse espírito para as quartas de final. Agora começa outro campeonato e vamos pensar em um passo de cada vez nessa caminhada”, disse o central Tiago Barth. 

“Nossa realidade era essa, a de brigar para permanecer na Superliga. Em determinado momento criamos possibilidades para algo mais, mas a Superliga é muito dura. Um time com um orçamento como o nosso não é fácil se manter na elite. E a gente conseguiu”, analisou o treinador Marcos Pacheco. 

"Eu não esperava, foi muito emocionante quando o Pacheco me chamou para entrar no jogo. Mas me preparei, vinha treinando e esperava essa oportunidade. Eu estava pronto e foi muito bom estrear contra uma das melhores equipes do Brasil, contra jogadores de Seleção Brasileira. Foi uma emoção intensa", disse Meirelles, de 18 anos. 

Nas quartas de final, o Sesc-RJ encara o Fiat/Minas (4º colocado), com o primeiro jogo ocorrendo neste sábado, às 14h30min, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. 

Equipes:

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão: Luisinho, Alisson Melo, Petrus, Brunão, Gabriel, Alemão e Fábio Paes (líbero)
entraram: Rafael Bairros, Diego, João Meirelles, Gabriel Franco, Jotinha e João Vitor, Biela
técnico: Marcos Pacheco

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Japa, Djalma, Tiago Barth, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Everaldo, Alexandre Elias, Ramme e PV
técnico: Giovane Gávio

foto: Renan Bin/FollowX Comunicação

Comentários