(Superliga) Sada/Cruzeiro e Sesi-SP duelam por melhor campanha

Fechando a ultima rodada da fase classificatória da Superliga 2018/2019, o Sada/Cruzeiro encara o Sesi-SP, neste sábado, às 19h30min, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com 54 pontos, o time celeste chega para o duelo querendo segurar a melhor campanha, enquanto o clube paulistano, com 53 pontos, estar na 2ª posição, querendo roubar o posto antes dos playoffs. A partida terá transmissão do SporTV. 

No primeiro turno, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, o time paulista venceu depois de um duelo bastante disputado, por 3 sets a 2. A expectativa é que novamente o confronto seja equilibrado e para levar a melhor desta vez, o técnico Marcelo Mendez e seus comandados apostam na força do Riachão e no bom momento vivido pela equipe que vem embalada por boas vitórias e o título do Sul-Americano. 

“Esse é um jogaço que vale a liderança. Dependemos da vitória para terminar a fase em primeiro lugar e sabemos da importância desta partida. Jogo decisivo e todos estão ligados e concentrados nisso. Vamos estar em casa, o que significa uma responsabilidade e um pouco a mais de pressão”, comentou o ponteiro Filipe, que elogiou a qualidade do adversário. 

“Sabemos que o Sesi-SP também querer buscar essa primeira colocação. Sabemos da qualidade da equipe deles, que erra muito pouco, conta jogadores de seleção, tem um time respeitadíssimo, mas nosso time está bem, e não vai faltar energia e vontade dos dois lados. É como se fosse uma final e os dois times estão acostumados com esse momento. Espero que possamos fazer uma bela partida e que a vitória venha para o nosso lado”, complementou Filipe. 

No Sesi-SP, a campanha de 19 vitórias e duas derrotas só não é melhor que a dos mineiros devido aos critérios de desempate. O técnico Rubinho conseguiu dar consistência ao seu time e jogadores antes considerados coadjuvantes aparecem como protagonistas, como o ponteiro Lucas Lóh e o oposto Alan, que se mostram capazes de terem novas oportunidades na Seleção Brasileira; 

“É a disputa do primeiro lugar com as duas equipes no momento mais consistes da Superliga jogando um voleibol um pouco acima dos demais, na minha visão, e vai ser um espetáculo para a torcida e para nós que temos a oportunidade de fazer esse jogo. O primeiro lugar em um campeonato onde semifinal e final são disputadas em melhor de cinco jogos é fundamental para, caso chegue a uma final, o time ter a possibilidade de fazer três dos cinco jogos em casa”, opinou o ponteiro Lipe, que também elogiou o time que enfrentará neste sábado. 

“Estamos muito focados para esse jogo. Todos sabem a qualidade do Sada Cruzeiro no saque, no ataque, que é uma equipe extremamente ofensiva e estamos muito preparados para esse nível de partida. Temos jogado com uma qualidade de passe muito alta, o que é importante para controlar essa qualidade de saque deles. Temos e vamos jogar muito focados, com energia e motivação. Esse tem tudo para ser um espetáculo para todos devido ao alto nível do jogo. Estou muito feliz por poder participar dessa festa”, concluiu Lipe. 

Dada a importância do jogo, as equipes do Sada/Cruzeiro e do Sesi-SP entraram com pedido de utilização do sistema de Desafio e, após a concordância de todos os clubes participantes da Superliga, a Confederação Brasileira de Voleibol permitiu, já que o regulamento oficial da competição só previa o uso do mesmo nas semifinais e finais do campeonato. O sistema será o mesmo utilizado na Supercopa e na Copa Brasil. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: Agênciai7

Comentários