(Superliga) Por semi, Copel Telecom/Maringá e Sada/Cruzeiro jogam no Chico Neto

Nesta quinta-feira, às 21h30min, o Copel Telecom/Maringá rece o Sada/Cruzeiro, no ginásio Chico Neto, pelo segundo jogo das quartas de final da Superliga 2018/2019. Com venceu o primeiro duelo no Riachão, os mineiros jogam por uma vitória para alcançarem as semifinais, enquanto os paranaenses precisam ganhar para forçar um terceiro confronto. A partida terá transmissão do SporTV 2. 

Depois de um jogo definido a favor do time mineiro apenas no tie-break, os jogadores do Copel Telecom/Maringá estão ainda mais confiantes na possibilidade de vencer o duelo no Paraná. A boa campanha na fase regular, alinhada ao bom trabalho desenvolvido por Alessandro Fadul faz todos acreditarem em uma grande partida, que será difícil, mas não impossível de se vencer. 

“Equilibramos o jogo em Contagem e tivemos a oportunidade de matar o tie-break. Tomamos uma virada talvez por falta de experiência ou tranquilidade. Essa derrota deu, mas acaba nos motivando ainda mais para batalhar em casa, no nosso ginásio, onde tivemos nossas melhores atuações da temporada. Conhecer o ginásio e ter o apoio da torcida faz uma diferença boa para o nosso time. Isso pode ser um diferencial para essa segunda partida”, disse o ponteiro Hugo. 

“A gente sabe que o confronto será difícil, mas a expectativa está muito grande. Estamos treinando e analisamos o que podia ser melhorado em quadra. Agora, temos mais uma oportunidade, e será em casa, onde sempre conseguimos bons resultados.”, explicou o técnico Alessandro Fadul. 

Pelo lado do Sada/Cruzeiro, a vitória suada em Contagem mostra que a série será muito equilibrada e vencer no Chico Neto não será tarefa das mais fáceis. Mesmo tendo o favoritismo a seu favor, todos no time celeste sabem que isso não ganha jogo e a torcida adversária é um ponto a ser apresentado como diferencial para quem jogar na casa do time de Maringá. 

“Acho que vai ser de novo um jogo difícil, porque eles estarão jogando em casa, a torcida de Maringá acompanha e curte bastante e eles vêm de uma boa partida contra o nosso time, mas acredito que temos muito a melhorar. Em alguns momentos nós erramos demais e isso pode custar um set, alguns pontos importantes que podem decidir um jogo. Tivemos momentos bons também, e se conseguirmos equilibrar um pouco mais, vai ajudar bastante”, disse o ponteiro Rodriguinho. 

“A história pesa um pouco, pelo fato dos excelentes resultados. Mas, hoje, acho que a responsabilidade é dividida por todos (...) Acredito que esse jogo será tão difícil quanto o primeiro. Garanto que eles estão motivados e a casa vai lotar, como na maior parte das partidas aqui, em Maringá. Estamos estudando e trabalhando muito para que venha um resultado positivo. Sabemos que será difícil, mas estamos com a cabeça 100% focada nesse jogo”, disse o levantador Fernando Cachopa. 

Equipes:
Copel Telecom/Maringá: Rodrigo Ribeiro, Lucas Borges, Hugo, Daniel, Rômulo, Deivid e Mario Junior (líbero)
técnico: Alessandro Fadul

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

foto: João Paulo Santos/Resenha Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro

(Paulista) Sesi-SP estreia contra a Climed/Atibaia nesta quarta-feira