(Superliga) Na Vila Leopoldina, Sesi-SP encara UM Itapetininga pelas quartas de final

Neste sábado, às 21h30min, o Sesi-SP, melhor campanha da fase classificatória, recebe o Vôlei UM Itapetininga, oitavo colocado na etapa passada, no ginásio da Vila Leopoldina, pela primeira partida das quartas de final. Apesar de ser um duelo entre times com campanhas bem diferentes, ninguém espera uma série tranquila e para ambos os playoffs são um campeonato a parte na Superliga. A partida terá transmissão do SporTV 2. 

A equipe paulistana terminou a fase de classificação com 56 pontos, sendo 20 vitórias e a apenas duas derrotas, enquanto o time do interior somou 32 pontos (10 resultados positivos e 12 negativos). No Sesi-SP, a vitória sobre o Sada/Cruzeiro no último final de semana, mostrou para todos que a equipe briga pelo título e está em grande fase na competição. 

“A nossa equipe está bem preparada para esta nova fase da competição. O Itapetininga fez uma grande campanha, bons jogos, ótima jornada para o primeiro ano na Superliga. A equipe deles é jovem, com bastante vigor físico, bem organizada, com um saque e bloqueio qualificados. Temos que manter o nosso padrão e foco para buscar a vitória. Todos os jogos a partir de agora são como finais, são decisivos. Temos que ser consistentes, jogar com equilíbrio e agressividade”, disse o técnico Rubinho. 

“O time tem trabalhado certo principalmente visando as dificuldades que tínhamos em alguns fundamentos, em algumas situações táticas do jogo e conseguimos fazer isso bem nessa reta final. O time se acertou, encaixou, criou uma cara, está bem consistente, coeso e essa semana a motivação é natural por chegar uma fase de playoff”, comentou o levantador William, que ainda falou sobre o trabalho que vai ser desenvolvido até a primeira partida do playoff. 

“Ter terminado em primeiro motiva e nos dá uma confiança grande de que o trabalho está sendo feito da melhor maneira possível. Agora é seguir pensando no jogo de sábado e usar uma estratégia já usada contra eles e que deu certo”, complementou o capitão do Sesi-SP. 

Nos dois jogos da etapa de classificação, o Sesi-SP levou a melhor sobre o Vôlei UM Itapetininga No primeiro turno, o time da Vila Leopoldina fez 3 sets a 0, enquanto no segundo turno, no jogo de volta, vitória pelo mesmo placar. Apesar de apostar no lado coletivo da equipe, uma das grandes diferenças no time está no ataque, com destaque para o oposto cubano Michael Sanchez e para o ponteiro Victor Birigui. 

“O nosso time vai como franco atirador. Estamos contentes pela oportunidade e conquista de jogarmos o playoff na nossa primeira participação na Superliga”, afirmou o técnico Fabiano Magoo, que levou o Vôlei UM Itapetininga a classificar através da Superliga B. 

“Essa semana vai ser muito importante para a nossa preparação porque nos dois jogos na fase classificatória nós não conseguimos jogar bem. Foi um time que sofremos muito para enfrentar, nosso jogo não encaixou e agora temos cinco dias para treinar, ver vídeos e ver o que faltou e o que podemos e devemos fazer nessas quartas de final”, disse o levantador Pedro, que também elogiou o adversário, líder. 

“Sabemos que eles têm um time que saca muito bem, tem um bloqueio muito bom e isso nos atrapalhou. Sofremos no passe e não conseguimos rodar bem as bolas de passe B e C. Temos que melhorar nosso sistema ofensivo, nosso saque precisa entrar para tirar o passe da mão do William e vamos estudar bastante para diminuir esse poderio ofensivo do Sesi-SP”, concluiu Pedro. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

Vôlei UM Itapetininga: Jarman, Sanchez, Wennder, Victor Birigui, Pedro, Ademar e Filipinho (líbero)
técnico: Fabiano Ribeiro

foto: Sesi-SP/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações