(Superliga B) Lavras Vôlei decide vaga na semifinal contra JF Vôlei

Lavras Vôlei e JF Vôlei duelam nesta quinta-feira, às 20h, no ginásio da UFLA, por uma vaga na semifinal da Superliga B. Os comandados de Henrique Furtado, que venceram o primeiro duelo por 3 sets a1, jogam por uma vitória para passarem de fase, enquanto o time da Zona da Mata precisa vencer para forçar um terceiro confronto. 

Mesmo com o retrospecto de ter vencido todos os jogos que fez com o adversário, o Lavras Vôlei não espera um duelo tranquilo. Pelo contrário, por ser uma partida decisiva, a expectativa é que o adversário venha disposto a buscar de qualquer maneira a vitória, seja forçando bastante o saque ou tentando neutralizar os principais atacantes, impondo um jogo rápido. 

“Acho que vai ser novamente um jogo bastante disputado, como foram todos os jogos contra o JF Vôlei, uma equipe que joga para frente e com agressividade. Temos que entrar muitos concentrados, pois eles vem mostrando uma evolução no saque e no ataque, ou seja, será mais um desafio para o nosso time, que a cada rodada se esforçar para melhorar. Estamos trabalhando forte para que possamos conquistar todas as vitórias possíveis. Vamos entrar para fazer um grande trabalho a cada bola jogada”, afirmou o técnico Henrique Furtado, que falou dos preparativos para o confronto. 

“Os preparativos foram como de costume, mesclamos a recuperação com trabalho forte e com estudos analisando o adversário. Procuramos colocar os pontos que nosso time pode fazer a diferença, seja no saque, no ataque ou na recepção. Estamos trabalhando bem em todos os fundamentos e todos os jogadores estão mostrando evolução. Cada partida é a mais difícil do campeonato e estamos pensando nisso”, finalizou o treinador. 

Pelo lado do JF Vôlei, o técnico Marcos Henrique sabe que o time fez uma boa apresentação no primeiro set da partida passada, mas que caiu de produção e acabou pressionado pelo volume de jogo do Lavras Vôlei. Para evitar isso, a intenção agora é impor um ritmo forte de saque-bloqueio, onde a defesa pode ser o diferencial na busca da vitória. 

“Sabemos que eles têm uma potência de ataque muito forte, usam muito o central, o oposto deles vem muito bem e precisamos sacar bem e diminuir os erros. Eles também erram bastante. No terceiro set diminuímos os erros, forçamos o time deles a jogar e eles mesmos erraram. Se fizermos isso, temos tudo para realizar um grande jogo e levar a decisão das quartas de final para o jogo de sábado”, projetou o líbero Tatinho. 

foto: Bruna Evelin

Comentários