(Superliga) UM Itapetininga surpreende Sesc-RJ e alcança vaga aos playoffs

Mesmo jogando na Jeunesse Arena, o Vôlei UM Itapetininga não se intimidou e venceu o Sesc-RJ por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 25/27, 19/25 e 20/25, pela 8ª rodada do returno da Superliga 2018/2019. Com o resultado, o time paulista chegou aos 29 pontos e confirmou sua presença nos playoffs, enquanto a equipe carioca parou nos 36 pontos e segue na 4ª colocação da tabela. 

Sem contar com Maurício Borges e Maurício Souza, além de PV, machucados, o Sesc-RJ tentou imprimir um ritmo mais forte no saque. Mas o Vôlei Um Itapetininga veio com a mesma estratégia e o jogo seguiu igual, sem vantagens no placar, durante quase todo o primeiro set. Até que os visitantes abriram 19 a 16. A equipe carioca se recuperou, empatou e virou, num ace de Wallace, que ‘achou’ o fundo da quadra. E no ataque de Japa, explorando o bloqueio adversário, o Sesc-RJ fechou: 25 a 23. 

O jogo seguiu parelho na segunda parcial. Giovane usava as opções do banco e a equipe carioca conseguia manter o nível, com bom volume de jogo, mas esbarrando na boa produção ofensiva do Vôlei UM Itapetininga. Os visitantes abriram vantagem no fim do set, no bloqueio em Wallace, chegando a 24 a 23. No erro de Victor, do time rival, tudo igual novamente. No bloqueio triplo de Wallace, Aracaju e Japa, nova igualdade em 25 a 25 mas, num erro do ataque carioca, os paulistas venceram: 25 a 27. 

O Sesc-RJ abriu 6 a 4 no terceiro set. Mas, parou. Bem no saque e no bloqueio, os visitantes viraram para 7 a 17. Os cariocas diminuíram, chegaram a 18 a 12, mas a diferença era muito grande: derrota por 19 a 25. Com dificuldades na recepção, o SESC RJ viu os adversários abrirem vantagem no início do quarto set (7 a 11). Giovane pediu tempo e acertou o time, que chegou ao empate. Num set de muitos ralis, o Vôlei UM Itapetininga voltou a comandar o placar, chegando a 16 a 19. Com Wennder forçando no serviço, os paulistas suportaram a pressão do Sesc-RJ e fecharam em 20 a 25. 

“Sabíamos que seria um jogo difícil. Eles fizeram uma excelente partida, sacaram bem, e nós oscilamos muito dentro do jogo. Precisamos ter paciência. O campeonato é longo, é no dia a dia que vamos corrigir isso, na conversa, nos treinamentos” afirmou o levantador Everaldo. 

Na próxima quinta-feira, às 20h, o Vôlei UM Itapetininga recebe o Corinthians-Guarulhos, no ginásio Ayrton Senna. No mesmo dia, às 21h30min, o Sesc-RJ encara o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Victor Hugo, Tiago Barth, Japa, Penchev e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Djalma, Marcos Paulo, Everaldo, Leandro Aracaju e Alexandre Elias
técnico: Giovane Gávio

Vôlei UM Itapetininga: Jarman, Sanchez, Wennder, Victor Birigui, Pedro, Ademar e Filipinho (líbero)
entraram: Rodriguinho, Guilherme Emina e Daniel
técnico: Fabiano Ribeiro

foto: Jorge Hely

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro