(Superliga) Querendo voltar a vencer, Sesc-RJ encara o São Judas Voleibol

Fechando a 5ª rodada do returno da Superliga 2018/2019, o Sesc-RJ recebe o São Judas Voleibol, neste sábado, às 19h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Na 4ª colocação, com 33 pontos, o time carioca quer voltar a vencer para seguir na briga por uma posição melhor no G-4, enquanto a equipe paulista, hoje na lanterna, com apenas quatro pontos, segue sonhando com a possibilidade de deixar a zona do rebaixamento. 

No Sesc-RJ, o sinal de alerta foi ligado após vencer o Corinthians-Guarulhos no teé-break, em uma virada sensacional, e de perder para o Vôlei Renata, também no quinto set, em Campinas. O técnico Giovane Gavio entende que o time andou caindo de rendimento, ainda mais após a derrota nas quartas de final da Copa Brasil, mas sabe que o time tem potencial para chegar longe na competição. 

Com jogadores experientes e campeões, como o caso de Wallace, Maurício Borges e Maurício Souza, o Sesc-RJ quer voltar a mostrar um voleibol consistente e ingressar nos playoffs da melhor maneira possível, ou seja, nas primeiras colocação. Atualmente, estando a cinco pontos do líder Sada/Cruzeiro, o momento é delicado e de atenção, apesar de enfrentar o lanterna da competição. 

Pelo lado do São Judas Voleibol, o técnico Orlando Araujo busca o possível e o impossível para fazer o seu time render mais. Após um período interessante sem jogos oficiais e podendo trabalhar uma semana completa de treinos, o objetivo é evoluir cada fundamento e fazer o time ter mais condições de enfrentar as outras equipes em pé de igualdade. O problema é que já se passou a metade da fase classificatória e hoje seriam necessários sete pontos para escapar do rebaixamento. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Maurício Souza, Leandro Aracaju, Djalma, Japa e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gavio

São Judas Voleibol: Brasília, Alisson Bastos, Leitzke, Diego, Matheus Silva, Pedro e Bruno Zanquin (líbero)
técnico: Orlando Araújo

foto: Sesc-RJ/Divulgação

Comentários