(Superliga) Com risco de rebaixamento, Caramuru Vôlei encara Vôlei Renata

O Caramuru Vôlei recebe o Vôlei Renata, nesta quinta-feira, às 20h30min, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa, pela 9ª rodada do returno da Superliga 2018/2019. Na 11ª posição, com onze pontos, o time paranaense precisa vencer se ainda quiser escapar do rebaixamento, enquanto a equipe de Campinas, atualmente na 5ª colocação, com 30 pontos, quer alcançar uma posição melhor nos playoffs. 

A tarefa do Caramuru Vôlei não é nada fácil. Com uma campanha três vitórias e 16 derrotas, o time paranaenses precisa vencer os três jogos que restam e ainda torcer para tropeços do Corinthians-Guarulhos, hoje o 10ª colocação, com 17 pontos. O grande destaque da equipe é o oposto Leozão, hoje o terceiro maior pontuador da competição, com 291 pontos. 

No Vôlei Renata, que vêm de resultados positivos contra São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão e Copel Telecom/Maringá, pulando do oitavo para o quinto lugar na tabela, o momento é de seguir embalado e quem sabe alcançar o G-4. Hoje, o Sesc-RJ está na quarta colocação, com 36 pontos, seis a menos que a equipe de Campinas e que o Fiat/Minas, porém a briga entre o 5º e o 8º lugares está bem acirrada. 

“Ganhar embalo nessa reta final é muito importante para a sequência da temporada, pois ganhamos confiança para o que está por vir. A classificação ainda está aberta, são muitos times brigando, quanto mais pontuarmos, melhor podemos chegar nos playoffs, tanto na busca pela melhor colocação quanto na evolução da equipe”, comentou o líbero Lukinha, que espera um jogo equilibrado. 

“Eles ainda têm objetivo na Superliga, que é sair dessa parte incomoda, entram pressionados a buscar o resultado. Com certeza, não será um jogo fácil. Nosso volume de jogo pode ser peça chave para segurar este tipo de adversário que joga mais solto. Podemos segurar a pressão e ditar o ritmo da partida. Assim, controlando a intensidade, é mais fácil de levar a partida como a gente quer”, acrescentou. 

Equipes:

Caramuru Vôlei: Índio, Leozão, Thales, Matheus, Alê Toro, Jonatas e Gian (líbero)
técnico: Victor Hilmann

Vôlei Renata: González, Dani, Vaccari, Renan, Luizinho, Vini e Lukinha (líbero)
técnico: Horácio Dileo

foto: Caramuru Vôlei/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro