(Libertadores) Sesc-RJ e Sesi-SP fazem duelo brasileiro na 1ª semifinal

A primeira semifinal da Copa Libertadores ocorre nesta terça-feira, às 19h, quando Sesc-RJ e Sesi-SP se enfrentam no ginásio Abaeté, em Taubaté. As duas equipes chegam para a fase final em momentos diferentes na temporada, porém com o mesmo objetivo, no caso, conquistar um título inédito. Tanto o clube paulistano quanto a equipe carioca tem jogadores experientes e elencos recheados de nomes importantes. A partida terá transmissão do SporTV.

No Sesi-SP, mesmo a derrota na fase de quartas de final da Copa Brasil, não tirou o ritmo da equipe, que faz bela campanha na Superliga 2018/2019, estando no momento na vice-liderança. O técnico Rubinho conta com a habilidade do levantador William, do talento do ponteiro Lucas Lóh, e da experiência e qualidade do ponteiro Lipe, do central Éder e do líbero Murilo. Além disso, vale destacar o oposto Alan, que vem mantendo boas médias no ataque. 

“Toda equipe é movida a títulos, e com a gente não é diferente. Conquistar a Libertadores seria um combustível a mais para seguirmos na temporada”, afirmou Lucas Lóh, que ainda falou do momento delicado do adversário na temporada. 

“Isso não pode ser levado em conta. Na verdade, são nesses momentos difíceis que os times costumam buscar soluções, reagir e crescer. Temos que entrar mais focados ainda”, ressaltou o ponteiro do Sesi-SP. 

Pelo lado do Sesc-RJ, o momento é de se concentrar e ver o que está acontecendo de errado. Nas últimas três rodadas da Superliga, o clube carioca foi para o tie-break, sendo que venceu por duas oportunidades (Corinthians-Guarulhos e São Judas Voleibol) e perdeu uma (Vôlei Renata). Além disso, acabou eliminado nas quartas de final da Copa Brasil para o Fiat/Minas, e o técnico Giovane Gavio espera ver virando a chave e concentrado no duelo desta terça-feira. 

Na equipe carioca, vale destacar o oposto Wallace, que vem sendo o diferencial da equipe, além do ponteiro Japa (substituto de Maurício Borges, que vem dando conta do recado) e do central Maurício Souza, considerado o homem de segurança da equipe nas últimas partidas. O ponteiro búlgaro Penchev fez uma boa partida no último sábado contra o São Judas Voleibol e pode ser uma peça importante no duelo. 

“É importante ter todos em condições de jogo, alguns estão voltando de contusão, jogadores que dão ainda mais corpo ao time, além do Maurício Borges, que vem recuperando o melhor ritmo. Isso aumenta nosso poder em quadra, aumenta a confiança e vamos mais fortes para esse jogo contra o Sesi-SP. Temos trabalhado pesado para ter o time jogando melhor, crescendo a cada partida, e a oportunidade de disputar um título é algo que motiva muito”, afirmou o técnico Giovane Gavio. 

“Sesc-RJ e Sesi-SP são equipes muito fortes, com jogadores experientes, acostumados a esse tipo de jogo, a enfrentar pressão. É uma semifinal, vale vaga na decisão, e vai vencer quem errar menos, errar pouco. É um daqueles confrontos que se decide em detalhes. Precisamos entrar muito concentrados, ter um bom passe e jogar com inteligência no ataque para sair com a vitória e lutar pelo título”, afirmou o oposto Wallace. 

foto: Sesc-RJ/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações