(Libertadores) EMS Taubaté/Funvic e Bolívar Voley se enfrentam na 2ª semifinal

A segunda semifinal da Copa Libertadores será entre EMS Taubaté/Funvic e Bolívar Voley, da Argentina, nesta terça-feira, às 21h, no ginásio Abaeté. O time paulista chega para a fase final devido a ser sede dessa etapa da competição, enquanto o clube argentino conquistou sua vaga na última rodada. Os dois times chegam em grande momento, estando bem em seus respectivos campeonatos nacionais. A partida terá transmissão do SporTV. 

Embalados por uma sequência de sete vitórias consecutivas na Superliga, a EMS Taubaté/Funvic só quer saber de conquistar esse título inédito, ainda mais dentro de casa. O técnico Daniel Castellani vem rodando bastante a equipe, principalmente em relação aos seus ponteiros, onde conta com Lucarelli, Douglas Souza e Facundo Conte. Além deles, vale destacar a qualidade dos levantadores Rapha e Uriarte, que também estão se revezando na posição. 

“Jogar contra os times argentinos é sempre um desafio e nos força a nos adaptar em alguns fundamentos. O voleibol que eles praticam é diferente do que nós estamos acostumados aqui no Brasil. Enquanto contra equipe brasileira o jogo é muito sustentado pela força e poderio de ataque, nas equipes argentinas o jogo é mais técnico, é um outro voleibol, de muita defesa, passe efetivo, etc. Mas nós estamos focados, e já jogamos contra outros times argentinos nessa Libertadores. Vamos contar com a força da nossa torcida, jogando em casa, e temos tudo para fazer um bom jogo e sair com a vitória e a vaga na final”, comentou o levantador Rapha. 

Pelo lado do Bolívar Voley, o momento não poderia ser melhor, já que a equipe aparece na liderança do Campeonato Argentino, com 14 vitórias e apenas uma derrota. Um dos destaques do time argentino é o oposto cubano Escobar, ex-Minas Tênis Clube, além dele vale ficar de olho no experiente central Pablo Crer, um dos líderes da equipe dentro e fora de quadra, no levantador cubano Rydel Hierrezuelo e no ponteiro brasileiro Lucas Madaloz. 

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté/Funvic

Comentários