Campeonato Indiano chega com estrangeiros e muita organização

Começou no último final de semana a Liga Pro Vôlei, considerada a principal competição de voleibol da Índia. Com a presença de seis clubes, o torneio, que irá até 22 do mesmo mês, servirá como prévia para um possível Campeonato Indiano, pois a federação nacional aposta em uma grande receptividade tanto de público quanto da comunidade do voleibol. 

Para tornar a Liga Pro Vôlei atrativa, cada clube adquiriu dois jogadores estrangeiros para a competição. Alguns nomes chamam a atenção, como do central sérvio Novica Bjelica, ex-Minas Tênis Clube, que jogará no Ahmedabad Defenders, que também terá o ponteiro russo Viktor Sysoev; e o também central norte-americano David Lee, que atuará ao lado do ponteiro eslovaco Andrej Patu no Kochi Blue Spikers. 

Além deles, o U Mumba Volley terá o ponteiro canadense Nicholas Del Bianco e o oposto croata Tomislav Coskovic; o Black Hawks Hyderabad acertou com o oposto norte-americano Carson Clark e o ponteiro canadense Alex Bader; o Calicut Heroes anunciou o ponteiro norte-americano Paul Lotman e o congolês Illouoni Ngampourou (ex-Maringá Vôlei) e para fechar o Chennai Spartans terá o soposto canadense Rudy Verhoeff e o letão Ruslans Sorokins. 

foto: Divulgação

Comentários