(Superliga) UM Itapetininga derrota São Judas Voleibol e segue no G-8

Na abertura da segunda rodada do returno da Superliga 2018/2019, o Vôlei UM Itapetininga derrotou o São Judas Voleibol por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 22/25, 26/24, e 18/25, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo. Com o resultado, a equipe de Fabiano Magoo chegou aos 18 pontos e aparece na 8ª colocação, enquanto os comandados de Orlando Araujo pararam nos quatro pontos e continuam na lanterna. 

A partida iniciou equilibrada, com as duas equipes trocando pontos, até Ademar acertar um ace e abrir 7 a 9. O São Judas Voleibol seguiu apostando no saque forçado e errava bastante, porém com bom aproveitamento no ataque conseguiu a virada: 12 a 11. O jogo era bem parelho e no bloqueio de Alemão, os donos da casa fizeram 15 a 13, mas após pontos de Sanchez e Price, o Vôlei UM Itapetininga deixou tudo igual: 18 a 18. Na reta final, mais equilíbrio, até o bloqueio de Wennder que deu a vitória aos visitantes por 23 a 25. 

No segundo set, o Vôlei UM Itapetininga manteve o ritmo e logo abriu 1 a 3 no ace de Wennder. Entretanto, os donos da casa equilibraram as ações e logo empataram: 4 a 4. Com boa passagem de Willian no saque, o São Judas Voleibol fez 7 a 6, mas o bloqueio dos visitantes fazia a diferença, tanto com Price (11 a 13) quanto com Pedro (12 a 15). Os comandados de Orlando Araujo seguiam próximos no placar e no ponto de Alemão deixaram tudo igual: 20 a 20. Entretanto, na reta final, os visitantes foram mais eficientes e fecharam em 22 a 25 com ponto de Ademar. 

Com 2 sets a 0 contra, o São Judas Voleibol foi para o tudo ou nada no terceiro set e logo abriu 4 a 1. Essa diferença foi fundamental para que os donos da casa mantivessem o controle da parcial, tanto que colocar 9 a 4 no placar e no ponto de Alemão (uma referência ofensiva da equipe) abriram 14 a 7. Quando se esperava uma vitória tranquila do time do ABC, Sanchez e companhia aparecem para colocar o Vôlei UM Itapetininga de volta ao set: 16 a 13 e no bloqueio de Price o duelo estava 16 a 15. Com ace de um lado e alguns erros de saques do outro, a parcial foi chegando a reta final: 23 a 22 e no erro de ataque de Sanchez, São Judas fechou em 26 a 24. 

No quarto set, o Vôlei UM Itapetininga se reencontrou em quadra e com o bloqueio bem postado, com destaque para o norte-americano Price aplicou loco 3 a 7 no placar. O São Judas Voleibol errava demais, principalmente no side-out, o que facilitou a vida dos visitantes que foram abrindo boa diferença: 7 a 15. Com certa tranquilidade, os comandados de Fabiano Magoo foram administrando o placar e não correndo riscos: 17 a 22. No final, vitória por 18 a 25 após ponto de Wennder. 

“Uma vitória importante para começar bem este segundo turno da Superliga, contra um adversário jovem, mas muito forte. Estou feliz por ganhar o VivaVôlei mas isso é por conta do nosso bom passe, e porque o Pedro também jogou muito bem com os centrais, eu não posso ganhar nada sozinho então esse troféu é para o time”, afirmou o central Price, que anotou 14 pontos, sendo cinco de bloqueio. 

O Vôlei UM Itapetininga só volta a quadra na quarta-feira, dia 30, às 20h, para enfrentar o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, no ginásio Ayrton Senna. Já o São Judas Voleibol encara o Fiat/Minas, no dia anterior, às 17h, na Arena, em Belo Horizonte. 

Equipes:

São Judas Voleibol: Matheus Brasília, Diego, Alemão, Leitzke, Willian, Pedro Henrique e João Victor (líbero)
entraram: Bruno Zanquin, Matoso, Lucas Araujo, Matheus Silva, Fernnado Rodriguez e Alisson Bastos
técnico: Orlando Araújo

Vôlei UM Itapetininga: Pedro, Sanchez, Wennder, Jarman, Ademar, Victor Birigui e Felipe (líbero)
entraram: Rodriguinho, Bernardo, Guilherme Emina e Daniel
técnico: Fabiano Magoo

foto: Yuri Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações