(Superliga) Com destaque para Aracaju, Sesc-RJ vence Caramuru Vôlei

Jogando na Arena Multiuso, em Ponta Grossa, o Sesc-RJ derrotou o Caramuru Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/15, 25/14 e 25/18, pela segunda rodada do returno da Superliga 2018/2019. Com o resultado, os cariocas chegaram aos 30 pontos e permanecem na 3ª colocação, empatados com o Sesi-SP (segundo pelos critérios de desempate) e dois pontos atrás do líder Sada/Cruzeiro. Já os paranaenses permaencem na 11ª posição, com apenas oito pontos. 

A partida iniciou com o Sesc-RJ indo para cima e aplicando logo 0 a 4. O ponteiro Djalma e o central Leandro Aracaju comandavam a equipe carioca que foi abrindo vantagem 3 a 9. O Caramuru Vôlei tentava se manter no jogo e chegou a encostar no ponto de Jonatas: 9 a 12, porém no ace de Mauricio Souza o placar foi para 9 a 14. Com bastante tranquilidade e aproveitando os erros do adversário, os visitantes fecharam em 15 a 25 após ponto de Djalma. 

O segundo set iniciou parecido com o anterior, onde após bloqueio de Japa, o Sesc-RJ colocou 0 a 3 no placar. Os erros de saque e de ataque do Caramuru Vôlei só facilitavam a vida do time carioca que ia abrindo no marcador: 2 a 8. Com o bloqueio funcionando muito bem e o passe adversário não conseguindo entregar bem a bola, o que se viu foi grande superioridade dos visitantes: 6 a 16. No final, o placar acabou sendo de 14 a 25 após ace de Djalma. 

No terceiro set, o Caramuru Vôlei bem que tentou equilibrar as ações deixando o inicio da parcial bem parelha: 5 a 6. Entretanto, assim que o bloqueio começou a funcionar, o Sesc-RJ tomou conta novamente do jogo e abriu vantagem: 8 a 13. Com muitos erros do adversário, que tentava forçar o saque para quebrar o passe carioca, o jogo ia chegando ao seu fim: 13 a 18. No ace de Leandro Aracaju, os visitantes colocaram 16 a 22, e no ataque de Juninho fecharam a parcial em 18 a 25. 

“Começamos impondo o nosso ritmo no saque e isso foi fundamental para abrir o jogo. Treinamos muito duro ao longo da semana, conseguimos um aproveitamento alto e, além disso, quem veio do banco foi muito bem. A equipe manteve um padrão muito alto, com bastante volume durante todo o jogo e agora o foco é no Corinthians. Teremos uma semana inteira para trabalhar e chegar bem para essa partida.”, disse o central Leandro Aracaju. 

Durante a partida, os jogadores do Caramuru Vôlei usaram uma faixa verde no braço, em protesto contra os salários atrasados (algo em torno de três meses). Curiosamente, o primeiro lance do jogo foi um ace do Sesc-RJ, que não teve reação alguma dos jogadores da equipe paranaense, sendo retratado como um ato simbólico de protesto. 

O Sesc-RJ Só volta a quadra pela Superliga na quarta-feira, dia 30, às 20h, quando recebe o Corinthians-Guarulhos, no ginásio do Tijuca Tênis Clube. No mesmo dia, às 18h, o Caramuru Vôlei encara o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina. 

Equipes:

Caramuru Vôlei: Gustavo, Jonatas, Leozão, Peron, Thales, Matheus e Gian (líbero)
entraram: entraram: Ale Toro, Eric, Pedrão, Caio, Índiotécnico: Victor Hilmann

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Maurício Souza, Leandro Aracaju, Djalma, Japa e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Victor Hugo, PV, Everaldo, , Rammé e Juninho
técnico: Giovane Gávio

foto: Divulgação

Comentários