(Superliga) UM Itapetininga segue em boa fase e derrota Caramuru Vôlei

Abrindo a 7ª rodada da Superliga 2018/2019, o Vôlei UM Itapetininga derrotou o Caramuru Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/18, 23/25 e 25/22, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa. Com o resultado, o time paulista chegou aos dez pontos e subiu para a 5ª colocação, enquanto os paranaenses seguem sem vencer, com apenas um ponto e ocupando a lanterna da competição. 

A partida iniciou com o Caramuru Vôlei querendo a primeira vitória e abrindo 4 a 1, após ataque de Leozão. Os visitantes equilibraram as ações, com bons ataques de Sanchez, porém os paranaenses seguiam na frente: 8 a 7. O duelo foi se desenrolando com pouca diferença no placar, porém no bloqueio de Victor Birigui veio a virada do UM Itapetininga: 13 a 14. Os ataques estavam em vantagem sobre as defesas, com destaque para Pedrão de um lado de Sanchez do outro: 20 a 21. No final, com ponto do oposto cubano, os paulistas venceram por 21 a 25. 

O segundo set começou equilibrado, mas os erros constantes do Caramuru Vôlei fizeram os visitantes abrir boa vantagem: 3 a 8. Os paranaenses conseguiram reagir e empataram em 8 a 8, sendo que após ataque de Thales veio a virada com 9 a 8. Ninguém conseguia abrir uma vantagem maior que dois pontos, sendo que no bloqueio de Sanchez o marcador era de 15 a 17. No final, o Vôlei UM Itapetininga , o fundamento bloqueio falou mais alto a favor dos paulistas, sendo cinco em todo o set e a vitória veio por 18 a 25. 

Assim como no set anterior, a terceira parcial foi de um começo melhor para o Vôlei UM Itapetininga, com destaque para o bloqueio de Pedro: 2 a 5. O levantador também foi responsável pelo placar de 6 a 8 em mais um bloqueio, porém com esse fundamento, o central Matheus conseguiu a virada para o Caramuru Vôlei: 11 a 10. Novamente, o jogo chegou aquele momento que ninguém conseguia disparar no placar: 17 a 19. No final, o oposto Leozão fez a diferença para os paranaenses e ajudou a equipe a vencer por 25 a 23. 

No quarto set, o Vôlei UM Itapetininga sacou muito bem no inicio e abriu 4 a 7, após ponto de Mineiro. No bloqueio do norte-americano Jarman o placar era de 7 a 10 e em novo bloqueio, agora com Mineiro, os paulistas seguiam na frente: 12 a 14. O Caramuru Vôlei tentava reagir para virar o placar, mas parava no bom ataque dos paulistas, que no ace de Sanchez fizeram 16 a 20. Na reta final, os paranaenses conseguiram encostar novamente, mas com ponto de Wennder, o Vôlei UM Itapetininga fechou em 22 a 25. 

“Jogo muito importante. O Caramuru Vôlei era um adversário direto na competição. Feliz pela minha atuação, consegui cumprir taticamente o que foi imposto pela comissão técnica e o mais importante foi conquistar a vitória”, disse o central Wennder, eleito o melhor em quadra. 

Equipes:

Caramuru Vôlei: Gustavo, Leozão, Pedrão, Matheus, Jonatas, Ale Toro e Gian (líbero)
entraram: Eric, Mendel, Caio, Índio, Bruno, Thales e Peron
técnico: Fábio Sampaio

Vôlei UM Itapetininga: Pedro, Michael Sanchez, Mineiro, Victor Birigui, Price Jarman, Wennder e Filipinho (líbero)
entraram: Rodriguinho, Leandrão e Emina
técnico: Fabiano Ribeiro

Foto: Danilo Schleder

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio