(Superliga) Sesi-SP bate UM Itapetininga e segue na cola dos líderes

Na abertura da 10ª rodada da Superliga 2018/2019, o Sesi-SP derrotou o Vôlei UM Itapetininga por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/21 e 25/23, no ginásio Ayrton Senna. Com o resultado, o clube paulistano chegou aos 22 pontos e permanece na 3ª colocação, enquanto os comandados de Fabiano Magoo pararam nos 12 pontos e caíram para a 8ª posição na tabela. 

Alan abriu o placar do jogo para o Sesi-SP e Mineiro respondeu para o Vôlei UM Itapetininga. Em boa passagem de Victor pelo saque, o time da casa ainda abriu 5 a 2. O Sesi-SP buscou e, contando com erros do adversário, empatou em 6/6. No saque de William, a equipe da Vila Leopoldina virou e fez 9/8. Com mais um ace, dessa vez com Lipe, o Sesi-SP chegou a 12 a 9. A vantagem paulistana abriu cinco de vantagem em 16 a 11. Bem no saque, e com dois pontos seguidos de Éder, o Sesi-SP marcou 21 a 14. O Vôlei UM Itapetininga reagiu na reta final do set e, com o bloqueio funcionando bem, chegou a 20 a 23. O Sesi-SP voltou a funcionar e fechou em 25 a 21. 

O segundo set teve um início equilibrado (2 a 2) e, no ponto de saque de Alan, o Sesi-SP assumiu o comando do marcador em 3 a 3. A parcial seguiu disputada ponto a ponto e novo empate em 6/6. Quando o adversário abriu três de vantagem (10 a 7), Magoo pediu tempo. Em um potente ataque de Alan, o time da Vila Leopoldina marcou 14 a 11. O Vôlei UM Itapetininga reagiu e encostou no placar em 16 a 17. O set seguiu equilibrado, com um de vantagem para o Sesi-SP (20/19). Com ace de Éder, o Sesi-SP chegou a 23 a 20 e Magoo parou o jogo. E o Sesi-SP repetiu o placar em 25 a 21. 

A terceira parcial teve 3 a 2 para o Sesi-SP no ponto de bloqueio de Éder. A diferença se manteve em um ponto em todo início de set, com 8 a 7 para o time visitante. Ademar conseguiu ponto de saque e o Vôlei UM Itapetininga fez 11 a 12. Com mais um ace de Éder, o Sesi-SP abriu vantagem (14 a 11) e o técnico adversário pediu tempo. A diferença do grupo da Vila Leopoldina foi a três em 16 a 13. Mas, os donos da casa buscaram o jogo e com ponto de saque chegaram a 16 a 17. Com mais um bom saque, o Vôlei UM Itapetininga chegou ao ponto de empate em 18 a 18 e forçou Rubinho a pedir tempo. A reta final do set seguiu disputada ponto a ponto (21 a 21). Mas, o Sesi-SP tomou a dianteira e fechou com a diferença mínima: 25 a 23. 

“Ontem, durante o treino, senti um pouco de dificuldade para pegar a referência do ginásio e fiz um treino extra com foco no saque. Hoje isso funcionou e estou feliz por conseguir ajudar a equipe a conseguir essa vitória importantíssima na classificação. Hoje fizemos um jogo bem consistente”, destacou o central Éder, que já projetou o com o foco na próxima rodada. 

“Vamos jogar contra o Sada Cruzeiro, atual campeão e uma equipe fortíssima, e essa vitória de hoje nos traz mais confiança. Vamos trabalhar duro durante a semana para buscar mais esse resultado positivo e encerrar o ano bem”, complementou o experiente jogador, eleito o melhor em quadra. 

“Hoje o time deles veio sacando bem e nós não conseguimos segurar. Além disso, erramos algumas bolas que não poderíamos. No último set tivemos oportunidade, tivemos alguns saques bons, mas eles fizeram a diferença. Faltou o nosso saque entrar melhor”, comentou o ponteiro Mineiro. 

Na próxima quinta-feira, às 19h, o Sada/Cruzeiro volta a quadra para enfrentar o São Judas Voleibol, no ginásio Baetão, em jogo atrasado da 7ª rodada. Já o Vôlei UM Itapetininga joga na quarta-feira, às 18h, contra o EMS Taubaté/Funvic, no Ayrton Senna, em partida atrasada da 6ª rodada. 

Equipes:

Vôlei UM Itapetininga: Pedro, Sanchez, Wennder, Jarman, Mineiro, Victor Birigui e Felipinho (líbero)
entraram: Rodriguinho, Daniel, Baesso, Ademar, Guiga, Judson e Bernardo
técnico: Fabiano Magoo

Sesi-SP: William, Alan, Gustavão, Éder, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
entraram: Franco, Bertolini e Evandro
técnico: Rubinho

foto: Alex Júnior/Vôlei UM

Comentários