(Superliga) Sesc-RJ e Vôlei Ribeirão abrem última rodada do turno

Em um jogo isolado nesta sexta-feira, o Sesc-RJ recebe o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, às 17h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, pela 11ª rodada da Superliga 2018/2019. Atualmente na vice-liderança, com 25 pontos, o time carioca quer a vitória para reassumir a ponta da tabela, enquanto os comandados de Marcos Pacheco, que estão na 10ª colocação, com dez pontos, querem a vitória para se aproximarem do G-8. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

O Sesc-RJ chega para essa partida com a mesma pontuação do Sada/Cruzeiro, hoje o líder apenas devido aos critérios de desempate. Apesar da diferença entre os clubes na tabela, o técnico Giovane Gávio se preocupa com o adversário e aponta alguns jogadores que podem ‘incomodar’. Por outro lado, confia em um bom resultado devido a importância da partida. 

“O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão é um adversário perigoso, tem um ataque muito forte com Alisson, Ricardo e o Gabriel, que jogou comigo na seleção brasileira B. Apesar de não estarem numa boa posição na tabela, não vai ser um jogo fácil, não existe jogo fácil, e temos que quebrar o passe deles, sacar bem para diminuir esse volume ofensivo (...) É um jogo que vale muito. Vale a manutenção da liderança, fechar o primeiro turno na frente, e esse é o nosso principal objetivo”, destacou o técnico Giovane Gavio. 

“Temos um jogo difícil contra o Ribeirão Preto que vem jogando muito bem. Nosso objetivo é estar no topo da tabela. Infelizmente não conseguimos o resultado fora de casa, contra o Sada/Cruzeiro, mas já estamos motivados para seguirmos somando pontos nesta sexta feira. Será uma partida muito disputada e faremos de tudo para fecharmos o ano com essa vitória”, afirmou o levantador Thiaguinho. 

Pelo lado do São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, o momento de fechar o primeiro turno arrancando pontos de uma equipe considerada forte candidata ao título. Com uma campanha de três vitórias e sete derrotas, os comandados de Marcos Pacheco sabem das dificuldades que irão encontrar no Rio de Janeiro, mas acredita na força e na experiência para conquistar pontos importantes. 

“O time do Sesc RJ é muito forte, tanto é que está na primeira colocação do campeonato. Temos que fazer um ótimo jogo, tanto no sistema ofensivo, como defensivo, para tentarmos algum bom resultado na casa do adversário”, ressaltou o técnico Marcos Pacheco, que ainda deu mais detalhes sobre os planos para o jogo contra o Sesc RJ. 

“Primeiro vamos lutar por sets, depois por pontos e vitória, mas sabemos que é um jogo muito difícil, muito complicado. Temos nossos objetivos, nossas propostas e vamos tentar. Temos que pensar em fazer um ótimo jogo, buscando nossas virtudes e dificultando o lado dele nos pontos negativos”, finalizou o comandante do time paulista. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Tiago Barth, Maurício Souza, Penchev, Japa e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Giovane Gávio

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão: Luisinho, Alisson, Brunão, Pétrus, Gabriel, Ricardo Jr. e Diego (líbero)
técnico: Marcos Pacheco

foto: Sesc-RJ/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19