(Superliga) Sada/Cruzeiro bate São Judas Voleibol e assume liderança

Em partida atrasada da 7ª rodada da Superliga 2018/2019, o Sada/Cruzeiro derrotou o São Judas Voleibol por 3 sets a 0, parciais de 26/24, 30/28 e 25/18, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 25 pontos e assumiu a liderança da competição, enquanto a equipe paulista segue na lanterna, com apenas três pontos ganhos. 

O Sada/Cruzeiro abriu dois de vantagem no começo da partida em 7 a 5. Com Willian, o São Judas Voleibol chegou ao ponto de empate em 9 a 9 e, no ace de Leitze, assumiu o comando do marcador em 10 a 9. Quando o time da casa marcou mais um ponto, Marcelo Mendez pediu tempo. A vantagem do time de São Judas Voleibol chegou a três em 15 a 12. Com Éder Levi foi a vez de o Sada/Cruzeiro deixar tudo igual no placar em 18/18. Novo empate em 20 a 20 e em 23 a 23. O equilíbrio permaneceu até o time cruzeirense fechar em 26 a 24. 

No bloqueio, o São Judas Voleibol teve um de vantagem em 3 a 2. No ace de Szot, os donos da casa fizeram 5 a 2. A vantagem esteve em 7 a 4. As equipes empataram em 9/9 e, no bloqueio, o time paulista fez 10 a 9. O São Judas Voleibol teve dois em vantagem em 15 a 13. O Sada Cruzeiro buscou e o segundo set esteve igual em 19 a 19. Quando o time adversário marcou 22/20, o técnico da casa, Orlando Araújo, pediu tempo. O time da casa buscou e com Willian fez 22 a 22. Com ace, o São Judas Voleibol fez 24 a 24. No bloqueio de Pedro, 26 a 15 para a equipe paulista. Os cruzeirenses, então, viraram e fecharam em 30 a 28. 

O Sada Cruzeiro começou com ritmo mais forte no terceiro set e, com Evandro, abriu 5 a 2. Com Filipe, o time mineiro colocou cinco pontos de vantagem em 10 a 5. O São Judas Voleibol reduziu a diferença no placar em 8 a 11. Os donos da casa reagiram ainda mais e, em boa passagem de Alisson pelo saque, deixaram tudo igual em 12 a 12. O grupo visitante voltou a abrir em 16 a 13. Com Sander pelo fundo meio, o Sada/Cruzeiro chegou a marcar 20 a 14. Com Alisson, o São Judas fez 17 a 21. O Sada/Cruzeiro manteve o controle da parcial e fechou em 25 a 18. 

“Foi um jogo difícil pelo calor, pelo ritmo de jogo que eles imprimiram, pois não tinha bola perdida. Precisamos nos manter focados ao máximo. Mas nós sabíamos que este jogo era importantíssimo para chegar na ponta da tabela e saímos com a sensação de dever cumprido. E agora já é pensar na partida de sábado, para jogarmos bem contra o Sesi, que também está na briga. Temos que fazer o melhor possível para abrir essa liderança”, disse o central Isac. 

As duas equipes voltam a quadra neste sábado. O Sada/Cruzeiro encara o Sesi-SP, às 21h30min, no ginásio da Vila Leopoldina. Já o São Judas Voleibol recebe o Corinthians-Guarulhos, às 11h, no ginásio Baetão. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Sandro, Evandro, Filipe, Leozinho, Le Roux, Éder Levi, Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa, Luan, Sander e Isac
técnico: Marcelo Mendez

São Judas Voleibol: Matheus Brasília, Alemão, Leitzke, Pedro, Willian, Diego e Rafael (líbero)
entraram: Bruno, Victor, Lucas, Matheus, Alisson e Fernando
técnico: Orlando Araújo

foto: July Stanzioni/São Judas Voleibol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19