(Superliga) No último jogo do ano, Sesi-SP vence Sada/Cruzeiro no tie-break

No último jogo de 2018, um clássico e jogo de alto nível no ginásio da Vila Leopoldina. O Sesi-SP derrotou o Sada/Cruzeiro por 3 sets a 2, parciais de 20/25, 27/25, 25/21, 24/26 e 15/09, pela 11ª rodada da Superliga 2018/2019. O resultado manteve o clube paulistano na 3ª colocação, agora com 24 pontos, enquanto os mineiros caíram para a 2ª posição, com 26 pontos ganhos. 

Rodriguinho abriu o placar da partida com ponto de saque. O Sada Cruzeiro seguiu melhor e, quando fez 5 a 1, Rubinho pediu tempo. No ponto de saque de Lipe, o Sesi-SP encostou no placar em 6 a 7. Com Evandro, o time cruzeirense abriu dois em 10ª 8. Lipe deixou tudo igual em 10 a 10. Com Sander, a equipe visitante fez 15 a 13. Com Rodriguinho pontuando bem, o Sada Cruzeiro abriu três de vantagem em 19 a 16. A diferença aumentou em 20 a 16. No bloqueio, o Sesi-SP reduziu a distância para 19 a 21. No ace de Sander, 24 a 20. E o Sada Cruzeiro fechou em 25 a 20. 

O segundo set esteve igual em 3 a 3. Com ponto de saque, Lipe colocou o Sesi-SP em vantagem: 5 a 4. Evandro foi o responsável por colocar o Sada Cruzeiro na frente em 7 a 6. No ace de Éder, o time da casa chegou a 12 a 9 e Marcelo Mendez pediu tempo. A vantagem do time paulista se manteve em três pontos em 12 a 9. Com Lucas Lóh pelo fundo meio, o Sesi-SP marcou 20 a 17 e forçou o adversário a pedir tempo. Alan pontuou e os donos da casa chegaram a 23 a 20. O Sada Cruzeiro encostou no marcador em 22 a 23. O set ficou igual em 24 a 24. A parcial seguiu bem disputada até o Sesi-SP fazer 27 a 25. 

No bloqueio simples de Gustavão, o time de São Paulo abriu 5 a 3. O set esteve igual em 8 a 8 e, com Lucas Lóh, o Sesi-SP fez 9 a 8. A vantagem do time de Rubinho foi a 14 a 11 e o adversário pediu tempo. Na volta, bloqueio de Gustavão e 15 a 11. Lipe bloqueou e fez 17 a 13 para o Sesi-SP. O Sada Cruzeiro reagiu e, com Luan, encostou em 17 a 18. No erro de saque do adversário, a equipe da casa voltou a abrir vantagem em 22 a 18. O Sesi-SP venceu o terceiro set por 25 a 21. 

O quarto set teve um início bem equilibrado, com as equipes empatando em 5 a 5. Com Lipe explorando o bloqueio adversário, o Sesi-SP marcou 11 a 9. O adversário abriu 13 a 10 e Marcelo Mendez parou o jogo com pedido de tempo. A parada surtiu efeito e o Sada Cruzeiro passou a frente em 14 a 13. Éder bloqueou e o Sesi-SP voltou a ficar na frente (15 a 14). Com mais um bloqueio, dessa vez de Lipe, o Sesi-SP fez 19 a 16. O Sada Cruzeiro não desistiu do jogo e com Filipe, que havia entrado há pouco, assumiu o comando do marcador em 21 a 20. Rubinho pediu tempo. O jogo ficou igual em 22 a 22 e depois em 24 a 24. E o Sada Cruzeiro fechou em 26 a 24. 

O Sesi-SP começou melhor no set decisivo. Com ponto de bloqueio de Éder, o tim e da casa abriu 3 a 0, forçando o adversário a pedir tempo. Na volta, Sander pontuou para o Sada Cruzeiro. Com Alan, os donos da casa marcaram 5 a 2. Lipe marcou 6 a 3. Na troca de lado, o Sesi-SP tinha quatro de vantagem: 8/4. Com Alan, 11 a 5. Lucas Lóh fez 13 a 6. E, no erro de saque do adversário, o Sesi-SP venceu por 15 a 9. 

“Ganhar esses jogos do topo da tabela é muito importante para a classificação, para a moral do time e desenvolvimento do trabalho (...) Último jogo do ano e ir para a folga depois de uma vitória como essa é uma maravilha. Agora temos um descanso para a cabeça, mas o treino físico continua para não perdemos todo o trabalho desenvolvido até agora. Então é um descanso mental, momento de ficarmos com a família e voltar do recesso com a condição física no 100%”, destacou o ponteiro Lipe, 

As duas equipes voltam a quadra em 2019. O Sesi-SP enfrentará no dia 12 de janeiro, às 18h, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão, no ginásio da Vila Leopoldina, enquanto o Sada/Cruzeiro pega, no mesmo dia, às 20h30min, o Vôlei UM Itapetininga, no ginásio do Riacho, em Contagem. 

Equipes:

Sesi-SP: William, Alan, Éder, Gustavão, Lipe, Lucas Lóh e Murilo (líbero)
entraram: Franco, Barreto e Renato
técnico: Rubinho

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Isac, Le Roux, Rodriguinho, Sander e Serginho (líbero)
entraram: Luan, Sandro, Léo e Filipe
técnico: Marcelo Mendez

foto: Amanda Demétrio/Fiesp

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro