(Superliga) Vôlei Ribeirão vence a primeira ao bater o Caramuru Vôlei

Mesmo jogando na Arena Multiuso, em Ponta Grossa, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão não se intimidou e venceu o Caramuru Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/19 e 25/20, pela 5ª rodada da Superliga 2018/2019. Essa foi a primeira vitória do time paulista, que agora soma quatro pontos e aparece na 9ª colocação, enquanto a equipe paranaense segue com apenas um ponto e ocupando o 11º lugar. 

Com os dois times buscando a primeira vitória na competição, era de se esperar muito equilíbrio em quadra, porém os visitantes iniciaram bem no saque e logo colocaram 3 a 8 no placar. O Caramuru Vôlei conseguiu reagir, com destaque para o oposto Leozão: 7 a 9, mas o ataque do time paulista estava inspirado e após ponto de Luisinho, o placar era de 11 a 17. Os paranaenses ainda reagiram, com mais um bom momento de Leozão (três pontos seguidos): 16 a 18, mas no final, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão teve mais tranquilidade para fechar em 20 a 25. 

No segundo set, as duas equipes apostaram no saque forçado e quem se deu melhor foram os paulistas, que abriram 4 a 6 após ace de Gabriel. No bloqueio de Petrus, o placar era de 6 a 9 e em novo ace, também do central, a diferença foi para 7 a 11. O Caramuru Vôlei reagiu na parcial e encostou em 12 a 13, mas foi apenas por um momento, já que na sequência, o São Francisco Saúde/Vôlei já voltou a disparar e fazer 13 a 18. No final, os visitantes foram administrando a diferença e segurando o adversário até fecharam em 19 a 25. 

Com 2 sets a 0 contra, o Caramuru Vôlei partiu para o tudo ou nada, mas a concentração dos visitantes estavam intocável, tanto que logo após bloqueio de Petrus o placar era de 5 a 7. Os donos da casa, desta vez não deixaram o adversário abrir larga vantagem, e fizeram uma parcial bem equilibrada, mesmo cometendo erros no ataque: 16 a 16. Na reta final do set, o time paulista conseguiu dois bloqueios (com Brunão e Alemão) e abriu 17 a 20, diferença essa que foi suficiente para dar tranquilidade e ajudar a equipe visitante a fechar o duelo com 20 a 25. 

“A gente em trabalhando forte buscando o melhor de cada um no dia a dia. O grupo entendeu o momento desconfortável em que estávamos e todos lutaram muito para reverter esse quadro. Dentro de quadra, uma participação intensa. Fora do jogo, motivação. Em algum momento a gente sabia que isso [vitória] iria acontecer, pois trabalhamos forte”, comentou o técnico Marcos Pacheco. 

No próximo sábado, às 17h, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão enfrenta o Corinthians-Guarulhos, na Cava do Bosque. No mesmo dia, às 28h, o Caramuru Vôlei enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. 

Equipes:

Caramuru Vôlei: Índio, Leozão, Thales, Matheus, Jonatas, Peron e Gian (líbero)
entraram: Gustavo, Ale Toro, Eric e Pedrão
técnico: Fábio Sampaio

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão: Luisinho, Alemão, Gabriel, Ricardo Jr., Petrus, Brunão e Fabio Paes (líbero)
entraram: Jotinha e Alemão
técnico: Marcos Pacheco

foto: Rafael Gonçalves/FollowX Comunicação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio