(Superliga) Sesc-RJ vira pra cima do Fiat/Minas e dispara na liderança

Fechando a 6ª rodada da Superliga 2018/2019, o Sesc-RJ venceu, de virada, o Fiat/Minas por 3 sets a 1, parciais de 16/25, 25/19, 25/23 e 25/22, na Jeunesse Arena. Com o resultado, os cariocas chegaram a sexta vitória em seis jogos e estão na liderança, com 18 pontos, enquanto os mineiros pararam nos nove pontos e aparecem na 7ª colocação da tabela. 

Cledenilson abriu a partida com ponto de bloqueio a favor do Fiat/Minas. Japa respondeu para o Sesc-RJ. A equipe visitante teve três de vantagem em 7 a 4. Depois de grande defesa de Maique, Davy pontuou no contra-ataque e o Fiat/Minas chegou a 11 a 5. No bloqueio, 12 a 5. Em grande passagem de Marlon pelo saque, o time visitante ainda chegou a 14 a 5. No bloqueio de Honorato, 16 a 7. A diferença no placar esteve em 11 pontos em 20 a 9. E o Fiat/Minas fechou em 25 a 16. 

Os donos da casa começaram melhor no segundo set e fizeram 6 a 3. No ponto de saque de Djalma, o Sesc-RJ chegou a 9 a 5. O time carioca ainda chegou a 11 a 6 e Nery Tambeiro pediu tempo. Com Maurício Souza em combinação rápida pelo meio, o placar foi a 13 a 9. No erro do adversário, o Fiat/Minas reduziu a diferença no placar para três em 14 a 17. No bloqueio simples de Wallace, o Sesc-RJ marcou 20 a 15 e Nery pediu tempo. 

Embalado pela boa vitória no set anterior, o Sesc-RJ abriu 5 a 2 no começo da terceira parcial. O Fiat/Minas reagiu e, com Bob, chegou ao ponto de empate (6 a 6). O Fiat/Minas ainda chegou a 11 a 9 e Giovane pediu tempo. O time da casa chegou ao ponto de empate em 14 a 14. Flavio marcou 20 a 19 para o Fiat/Minas. No bloqueio de Tiago Barth, o Sesc-RJ fez 22 a 20 e Nery pediu tempo, porém os cariocas seguram fortes e fecharam em 25 a 23. 

O Fiat/Minas não desistiu do jogo e abriu bem o quarto set. No ace de Honorato, chegou a 6 a 2. Em boa passagem de Maurício Souza pelo saque, o Sesc-RJ reagiu, encostou em 5 a 6, e Nery Tambeiro pediu tempo. As equipes estiveram empatadas em 8 a 8. No erro do adversário, o Sesc RJ marcou 11/8. Wallace colocou o time da casa com dois de vantagem (14 a 12). No bloqueio de Tiago Barth, o Sesc-RJ marcou 19 a 16. O Fiat/Minas encostou em 20 a 21. No final, vitória do Sesc-RJ por 25 a 22. 

“Essa é uma partida que sabemos que as pessoas estão assistindo e saber que gostaram do meu trabalho me deixa bem feliz. Hoje no campeonato não tem partida tranquila. Vimos isso no primeiro set, quando eles entraram em um ritmo muito forte, nossa equipe se perdeu um pouco, mas conseguiu voltar para o jogo depois e manter um bom equilíbrio dentro do grupo. Conseguimos o resultado, que foi muito importante para a nossa equipe nesse momento”, declarou o ponteiro Djalma. 

“Sabíamos que, pela qualidade do time do Sesc RJ, montado para ganhar, iriamos passar dificuldade e que seria um jogo duro como foi. Começamos bem e eles começaram não tão bem. Depois passamos a errar e deixamos o time deles crescer. E, contra um time desse nível, jogando dessa forma, fica complicado sair com a vitória”, concluiu o ponteiro Honorato. 

No próximo sábado, às 20h, o Sesc-RJ irá ao Vale do Paraíba enfrentar o EMS Taubaté/Funvic, no ginásio Abaeté. Já o Fiat/Minas voltará a jogar em casa, no mesmo dia, às 16h, contra o Sesi-SP, na Arena Minas, em Belo Horizonte. 

Equipes:

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Leandro Aracaju, Maurício Souza, Japa, Djalma e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Rammé e Everaldo
técnico: Giovane Gávio

Fiat/Minas: Marlon, Felipe Roque, Flávio, Cledenilson, Bob, Honorato e Rogerinho (líbero)
entraram: Felipe Roque, Carísio e Piá
técnico: Nery Tambeiro

foto: Luciano Belford

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio