(Superliga) Sesc-RJ ganha do São Judas Voleibol e assume liderança isolada

Em seu quinto jogo na Superliga 2018/2019, o Sesc-RJ conquistou a quinta vitória ao bater o São Judas Voleibol por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/16 e 25/20, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo. Com o resultado, os comandados de Giovane Gavio chegaram aos 15 pontos e assumiram a liderança isolada da competição, enquanto o time paulista parou nos dois pontos e caiu para a 10ª colocação. 

O Sesc-RJ começou o jogo tendo bastante dificuldade no side-out, o que deu espaço para que os donos da casa conseguissem pressionar no saque. O São Judas Voleibol chegou a abrir uma vantagem de 16 a 12. Entretanto, após uma bela sequência de saques do ponteiro Japa, e ainda dois bloqueios, os cariocas igualaram o placar. No final, os cariocas tiveram mais tranquilidade e fecharam o primeiro set em 21 a 25. 

No segundo set, os visitantes não deram chance. Uma sequência de erros dos paulistas ajudou o Sesc-RJ a abrir uma larga vantagem. Assim, com o domínio das ações na parcial, os comandados de Giovane Gavio venceram por 16 a 25. O terceiro set iniciou equilibrado com o placar chegando a estar 9 a 9. Porém, a boa recepção do líbero Tiago Brendle e o trabalho de distribuição do levantador Thiaguinho ajudaram os cariocas a abrir certa diferença e fecharam o duelo com 20 a 25. 

“O São Judas começou fazendo um ótimo trabalho de saque, com jogo bastante ofensivo. Depois, a nossa equipe se organizou e conseguiu fechar com resultado a nosso favor. Estou bastante feliz por tudo que o time conquistou hoje e com essa evolução em mais uma rodada”, afirmou o líbero Thiago Brendle, que foi eleito o melhor jogador da partida. 

No próximo sábado, às 21h30min, o Sesc-RJ recebe o Fiat/Minas, na Arena Jeunesse. No mesmo dia, às 18h, o São Judas Voleibol encara o Sesi-SP, no ginásio dna Vila Leopoldina. 

Equipes:

São Judas Voleibol: Matheus Brasília, Alemão, Diego, Gabriel, Willian, Rodrigo Leitzke e Rafa (líbero)
entraram: Bruno Zanquin, Matheus, Alisson Bastos e Fernando Rodrigues
técnico: Orlando Araújo

Sesc-RJ: Thiaguinho, Wallace, Maurício Souza, Leandro Aracaju, Djalma, Japa e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Everaldo, Ramme e PV
técnico: Giovane Gávio

foto: July Stanzioni/São Judas Voleibol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio