(Superliga) Sada/Cruzeiro e Caramuru Vôlei abrem rodada nesta sexta-feira

A 4ª rodada da Superliga 2018/2019 começa nesta sexta-feira, às 20h, quando o Sada/Cruzeiro recebe o Caramuru Vôlei, no ginásio do Riacho, em Contagem. Líder isolado, com 11 pontos (já fez cinco jogos), o time celeste quer vencer o último jogo antes da viagem para a Polônia, onde disputará o Mundial de Clubes. No time paranaense, hoje com um ponto na 11ª posição, o objetivo é conquistar a primeira vitória na competição. 

Com o foco voltado para a vitória, mas, especialmente, para o crescimento da equipe, todos no elenco, além do técnico Marcelo Mendez, sabem da importância da partida antes do Mundial. Com quatro vitórias em cinco jogos, os destaques ficam por conta do oposto Evandro e do central Isac, ambos marcaram 56 pontos, e são os maiores pontuadores da equipe no campeonato. 

“O mais bacana de aparecer bem nas estatísticas é saber que estamos conseguindo ajudar a equipe. Claro que temos jogos a mais do que os outros times, mas estamos aproveitando disso para o grupo ganhar mais entrosamento e ir dando uma cara ao time. Sabemos do equilíbrio que vamos enfrentar ao longo de toda a Superliga Cimed e temos que estar prontos para isso”, afirmou o campeão olímpico, Evandro. 

“O nosso time sabe da importância de ter a oportunidade de jogar cada partida e, claro, do valor de sair com vitórias para subir cada vez mais na tabela. A equipe está muito concentrada, treinando forte e sabemos da importância de fazer um bom jogo para chegar bem no Mundial. Estamos trabalhando com o ritmo no 100% para deixar nossa equipe ainda mais forte e bem equilibrada”, destacou o central Isac. 

Depois de perder por 3 sets a 0 para EMS Taubaté/Funvic e Sesc-RJ, O Caramuru Vôlei fez um grande jogo diante do Sesi-SP e só perdeu no tie-break, por detalhes. Independente do favoritismo dos mineiros, o discurso dos paranaenses é de entrar em quadra na busca pela vitória e para isso o time sabe que precisará sacar muito bem e ter um controle quanto a esse fundamento do adversário. 

“A tabela para nós começou de cara com os quatro times mais fortes da Superliga no meu ponto de vista (EMS Taubaté Funvic, Sesc RJ, Sesi-SP e agora o Sada/Cruzeiro), mas independente disso, encaramos todo jogo como final. A Superliga Cimed não espera e não dá tempo para erros. Assim como no último jogo, contra o Sesi-SP, vamos para cima em busca de sets e, quem sabe, da vitória. Sabemos da força de saque deles e das peças pontuais, mas estamos treinados e preparados para o confronto”, garantiu o central Matheus. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Rodriguinho, Leozinho, Isac, Le Roux e Serginho (líbero)
técnico: Marcelo Mendez

Caramuru Vôlei: Índio, Léozão, Matheus, Thales, Jonatas, Peron e Gian (líbero)
técnico: Fábio Sampaio

foto: Agênciai7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio