(Superliga) Sada Cruzeiro passa pelo Vôlei Ribeirão Preto em Contagem

Em jogo válido pela segunda rodada da Superliga 2018/2019, o Sada/Cruzeiro venceu o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 29/27 e 25/17, no ginásio do Riacho, em Contagem. A partida marcou a estreia do norte-americano Taylor Sander, que ainda não está totalmente recuperado de uma inflamação no ombro, mas acabou sendo o maior pontuador da partida, com 13 pontos, ao lado de Isac. 

A partida iniciou equilibrada, com as duas equipes trocando pontos e não conseguindo, nenhuma delas, abrir dois de vantagem no placar. Com três erros seguidos do adversário, o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão abriu 9 a 11, porém logo, os donos da casa empataram: 11 a 11. Essa situação foi se arrastando até o 20 a 19, quando no ponto de Isac e dois erros consecutivos dos visitantes colocaram o Sada/Cruzeiro em vantagem: 23 a 19, sendo que no ponto de Sander, o time celeste fechou em 25 a 20. 

O segundo set começou também bem parelho, com as duas equipes disputando cada bola como se fosse a ultima. O São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão chegou a abrir 4 a 7, após ataque de Gabriel. Na sequência, o Sada/Cruzeiro foi crescendo na partida e conseguiu a igualdade após bloqueio de Sander: 11 a 11, porém os visitantes tiveram nova vantagem: 11 a 14 e aproveitando os erros dos mineiros abriram 13 a 19. Quando tudo apontava para a vitória dos paulistas, os comandados de Marcelo Mendez reagiram, com destaque para Sander, que fez dois bloqueios, e ajudou a equipe da casa a empatar em 22 a 22. No final, empurrados pela torcida, o Sada/Cruzeiro fechou a parcial em 29 a 25 após ace do francês Le Roux. 

No terceiro set foi a vez do Sada/Cruzeiro começar melhor e logo abrir 8 a 4 após ace do oposto Evandro. Com bloqueio bem postado e tendo qualidade no ataque, os donos da casa foram se distanciando no placar e chegaram a fazer 15 a 7, após bloqueio de Isac. Essa diferença foi muito bem administrada pelos mineiros, que foram levando a parcial até a vitória por 25 a 17, após erro de ataque do adversário. 

“Eu estava um pouco nervoso! Eu acho que fiz apenas uns dois treinos completos com o time, não estava totalmente à vontade, mas eu quis somente me divertir e jogar. Foi uma boa vitória para nós, temos que continuar trabalhando duro e continuando a melhorar. Eu vou trabalhar muito com os levantadores para ajustar a minha melhor bola e vou treinar mais e mais. Eu estava sentindo falta de jogar e estou muito feliz. Foi muito bom jogar com os meus colegas, estar dentro de quadra, em frente à nossa torcida. Foi um bom começo”, analisou o ponteiro Taylor Sander. 

“Nós fizemos dois sets muito bons e apresentamos evolução. Tivemos oportunidades e pecamos nos detalhes (...) Não estou dizendo que o Sada foi favorecido pela arbitragem, não foi isso. Mas o primeiro árbitro não acompanhou o nível e a qualidade técnica exigida na Superliga”, declarou o técnico Marcos Pacheco, 

O Sada/Cruzeiro volta a quadra na próxima quinta-feira, dia 9, às 20h, para enfrentar o Copel Telecom/Maringá, no ginásio do Riacho, em Contagem. Já o São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão pega o Vôlei UM Itapetininga, na sexta-feira, dia 10, às 17h, na Cava do Bosque. 

Equipes:

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Sander, Rodriguinho, Le Roux, Isac e Serginho (líbero)
entraram: Luan, Sandro, Éder Levi e Lucas Bauer
técnico: Marcelo Mendez

São Francisco Saúde/Vôlei Ribeirão
: Luisinho, Bairros, Gabriel, Alisson Melo, Pétrus, Giovanni e Fabio Paes (líbero)
entraram: Jotinha, Diego, Alemão, Ricardo Jr. e Brunão
técnico: Marcos Pacheco

foto: Agênciai7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio