(Superliga) Em duelo no Baetão, Fiat/Minas derrota São Judas Voleibol

O Fiat/Minas conseguiu a terceira vitória na Superliga 2018/2019 ao bateu o São Judas Voleibol por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/23, 25/22 e 25/15, no ginásio Baetão, em São Bernardo do Campo. Com o resultado, a equipe mineira chegou aos nove pontos e manteve a invencibilidade na competição, enquanto a equipe comandada por Orlando Araújo segue com dois pontos ganhos.

A partida iniciou equilibrada, mas com erros dos dois lados: 3 a 3. No ataque de Leitzke, o São Judas Voleibol passou a frente com 6 a 4, mas logo os mineiros empataram o duelo em 6 a 6.  Ninguém deixava o adversário abrir uma vantagem maior do que dois pontos no placar, mas após dois ataques de Gabriel, os donos da casa fizeram 15 a 12. Essa vantagem foi importante até o final da parcial, quando Willian fez 22 a 18 e na sequência ampliou para 24 a 19. O Fiat/Minas esboçou uma reação evitando três sets points, mas no final vitória do time paulista por 25 a 22.

O segundo set começou com o São Judas Voleibol forçando bem o saque e abrindo boa vantagem: 7 a 4, após ataque de Willian. O Fiat/Minas errava demais, principalmente no saque, mas após bloqueio de Felipe Roque e ponto de Honotato, a equipe mineira empatou o duelo: 9 a 9. A partir daí, os visitantes cresceram na partida em com Flávio fizeram 12 a 15, e após dois bloqueios seguidos de Matheus colocaram 14 a 18 no placar. Os donos da casa reagiram e encostam no placar com Gabriel: 18 a 19, mas na sequência, o bloqueio do Fiat/Minas fez a diferença e a vitória veio com Bob por 23 a 25.

O Fiat/Minas iniciou o terceiro set mais concentrado e abriu logo 1 a 3, mas no ace de Leiyzke, os donos da casa empataram o jogo: 6 a 6, e viraram logo em seguida com bom desempenho de Alisson Bastos: 9 a 6. Essa diferença não durou muito, pois  quem se destacou foi o ponteiro Honorato, que ajudou os visitantes a deixarem tudo igual novamente: 11 a 11. Esse equilíbrio no placar foi se arrastando até a decisão do período, quando um erro de Alemão colocou o Fiat/Minas na frente com 20 a 22 e no bloqueio de Felipe Roque, os visitantes fecharam em 22 a 25.

Assim como a parcial anterior, os mineiros iniciaram melhor, mas logo os donos da casa empataram o jogo: 4 a 4. Com bom desempenho no ataque e no bloqueio, o Fiat/Minas conseguiu abrir boa vantagem, colocando 4 a 10 no placar. O São Judas Voleibol se desestabilizou em quadra e com direito a bola de graça acabou vendo o adversário aumentar a diferença: 7 a 14. Os paulistas tentavam reagir, mas os comandados de Nery Tambeiro tiveram tranquilidade para administrar o placar : 11 a 20. No final, vitória tranquila dos mineiros por 15 a 25. 

“Sabíamos que este seria um jogo difícil. O Fiat/Minas tem um grupo jovem e nós contamos com os 14 jogadores. Hoje tivemos a volta do Roque, o Carísio entrou muito bem e levou a equipe, o Piá estava fora, entrou e ajudou, o Maique também esteve muito bem, então, é a força de um grupo mesmo que, por ser jovem, ainda alterna um pouco. Mas, tivemos valor em achar o nosso melhor durante o jogo e conseguir sair daqui com os três pontos”, analisou o técnico Nery Tambeiro. 

O maior pontuador do jogo também comentou a partida. “Entramos em quadra sabendo que seria um jogo duro. O time deles é jovem e cheio de vigor e todos começaram muito bem. Já do nosso lado começamos errando muito, sem testar o time adversário. Do segundo set em diante as coisas foram melhorando, decidimos não arriscar tanto e fazer um saque mais tático, o que funcionou. O Carísio entrou e foi uma mudança importante para o time no final do segundo set”, disse o ponteiro Honorato, maior pontuador, com 15 acertos. 

“Era previsto um jogo difícil. O São Judas é um time de jovens também e estava jogando em casa. Começamos com muitos erros em bolas fáceis, muito saque e isso foi complicando nosso jogo. No decorrer da partida conseguimos imprimir nosso ritmo, e conseguimos uma vitória importante fora de casa. Nosso grupo é muito forte e conta com 14 jogadores, todos que entram sempre agregam muito a equipe, e eu fiquei muito feliz em poder ajudar nessa vitória. Sabemos que, para chegar onde queremos, vamos precisar de todo mundo”, disse o levantador Carísio. 

“Mesmo com o resultado adverso, consigo ver uma boa evolução da equipe do primeiro jogo para esse. Hoje conseguimos jogar melhor do que nas duas últimas partidas. As dificuldades foram naturais de se enfrentar um time de tradição. Essa semana precisaremos acertar aquelas coisas que hoje não funcionaram, mas sinto que estamos no caminho certo”, concluiu o treinador Orlando Araújo. 

O Fiat/Minas retorna a Belo Horizonte para no próximo sábado, dia 17, às 18h, encarar o Vôlei Um Itapetininga, na Arena Minas. Já o São Judas Voleibol joga no mesmo dia, às 18h, contra o EMS Taubaté/Funvic, no ginásio Abaeté. 

Equipes:

São Judas Voleibol: Matheus Brasília, Alemão, Diego, Gabriel, Willian, Rodrigo Leitzke e Rafa (líbero)
entraram: Bruno, João Victor, Pedro Henrique, Lucas Araujo, Matheus Silva e Alisson Bastos
técnico: Orlando Araújo

Fiat/Minas: Marlon, Davy, Cledenilson, Flávio, Bob, Piá e Rogerinho (líbero)
entraram: Lucca, Eduardo Carísio, Matheus Santos, Maique, Rafael Martins e Felipe Roque
técnico: Nery Tambeiro

foto: Yuri Gomes/São Judas Voleibol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio