(Superliga) Caramuru Vôlei recebe o Sesi-SP em Ponta Grossa

Fechando a 3ª rodada da Superliga 2018/2019, o Caramuru Vôlei recebe o Sesi-SP, neste sábado, às 20h, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa. Ainda sem pontuar, o time paranaense busca a reabilitação para deixar a lanterna, enquanto o clube paulistano, atualmente na 6ª colocação, com cinco pontos, quer manter a invencibilidade e conquistar a terceira vitória seguida. A partida terá transmissão do Canal Vôlei Brasil. 

Depois de uma semana intensa de trabalho, o Caramuru Vôlei entra em quadra querendo ‘virar a chave’ e apagar as derrotas para EMS Taubaté/Funvic e Sesc-RJ. Para o técnico Fabio Sampaio, os placares desfavoráveis preocupam por haver pouca evolução entre um jogo e outro. Segundo ele, a expectativa é fazer uma boa partida e se firmar no campeonato, já pensando nos próximos adversários. 

“Erramos nos saques e também em momentos importantes tomamos decisões equivocadas que precisam ser corrigidas para que consigamos alcançar o nosso objetivo, que é a presença do Caramuru no playoff”, afirmou o técnico Fábio Sampaio. 

Após enfrentarem as duas primeiras rodadas da Copa Libertadores de Vôlei na Argentina, o Sesi-SP volta suas atenções para a principal competição do país querendo manter a boa fase. O técnico Rubinho viu alguns erros na derrota para a UPCN, em San Juan, e pretende corrigi-los já no interior paranaense. Entretanto, todos do elenco respeitam o adversário e sabem das dificuldades que encontrarão em quadra. 

“Essa experiência na Argentina foi muito boa para o grupo. Apesar de um resultado positivo e um negativo, valeu demais jogar contra essas equipes que têm um estilo de jogo diferente, foram partidas difíceis. Trazemos no saldo a forma como devemos olhar e administrar os jogos daqui para frente e isso nos ajudará muito no decorrer da Superliga, começando pelo jogo deste sábado”, comentou o central Éder, que sabe dos cuidados que o time precisa ter na Arena. 

“O Caramuru tem uma equipe que vem evoluindo a cada temporada. Eu estive lá no primeiro ano que eles montaram uma equipe para disputar a Superliga. É um time que vem se estruturando e se reforçando, e tenho certeza que será um jogo difícil, até porque estaremos na casa deles, com a torcida apoiando em peso. Mas estamos trabalhando para voltar de lá com essa vitória”, finalizou o jogador do Sesi-SP. 

Equipes:

Caramuru Vôlei: Gustavo, Léozão, Matheus, Pedrão, Jonatas, Peron e Gian (líbero)
técnico: Fábio Sampaio

Sesi-SP: William, Alan, Alan Patrick, Lucas Lóh, Gustavão, Éder e Murilo (líbero)
técnico: Rubinho

foto: José Tramontin/Caramuru

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio