Superliga B inicia no dia 23 de janeiro e contará com oito clubes

Na última segunda-feira, em reunião ocorrida em São Paulo, foram definidos os últimos detalhes do regulamento e da tabela da próxima edição da Superliga B. Os representantes de seis dos oito clubes participantes da competição estiveram reunidos com membros da Confederação Brasileira de Voleibol e deliberaram sobre o formato de disputa e datas dos jogos. 

A 8ª edição da Superliga B terá início no dia 23 de janeiro e final prevista para 14 de abril. Os oito times jogarão em turno único entre si. Todos avançam para as quartas de final, com os confrontos definidos em cruzamento olímpico (1º x 8º, 2ºx7º e assim sucessivamente). As quartas e as semifinais serão disputadas em série melhor de três partidas. 

Os participantes desta edição confirmados são os mineiros do JF Vôlei e os gaúchos da Apav Vôlei, vindos do rebaixamento da primeira divisão; o Botafogo, do Rio de Janeiro, a APAN Blumenau, de Santa Catarina, e a UPIS, do Distrito Federal, que tinha vaga assegurada pela colocação na temporada passada, assim como os goianos do Monte Cristo, que se chamará Anápolis Vôlei. Fechando as equipes vem da Superliga C os paulistas do São José Vôlei e os mineiros do Lavras Vôlei. 

Assim como na edição anterior os dois primeiros colocados garantem acesso à elite do voleibol brasileiro na temporada 2019/2020. Outro importante aspecto do regulamento que se mantém é a obrigatoriedade de todas as equipes contarem com pelo menos dois atletas sub-21 e dois sub-23 nos respectivos elencos, inclusive, em cada jogo pelo menos um de cada faixa etária tem que estar na relação do time. 

foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio