(Libertadores) Dentro do Abaeté, Sesi-SP supera EMS Taubaté/Funvic

Por mais uma rodada da Copa Libertadores de Vôlei, o Sesi-SP derrotou o EMS Taubaté/Funvic por 3 sets a 0, parciais de 21/25, 21/25 e 18/25, no ginásio do Abaeté. Com o resultado, o clube paulistano chegou aos seis pontos (duas vitórias e uma derrota), enquanto a equipe do Vale do Paraíba aparece com cinco pontos (duas vitórias e uma derrota). 

O primeiro set foi de bastante equilíbrio, com as duas equipes apostando na variação de saque. O bloqueio taubateano funcionou muito bem, e foi uma das principais armas da equipe até a metade do set. O Sesi-SP se encontrou na partida, forçando bem o saque e se aproveitando dos erros de ataque do EMS Taubaté/Funvic, fechando a parcial em 25 a 21. 

O segundo set foi novamente de equilíbrio, com as duas equipes forçando bastante o saque. O EMS Taubaté/Funvic teve em seus homens de ataque o ponto forte no período. O técnico Daniel Castellani fez alterações na equipe, colocando Abouba e Douglas Souza em quadra. Pelo lado do Sesi-SP, o bloqueio e a defesa foram os pontos fortes. Com muitas trocas de pontos emocionantes, o set foi decidido em detalhes e, errando menos, o Sesi-SP venceu por 25 a 21. 

O terceiro set foi o de maior domínio do Sesi-SP no jogo. Logo de início, os visitantes conseguiram uma ótima sequência de saques e abriram 6 a 0 no placar. O EMS Taubaté/Funvic tentou reagir, com as entradas de Rapha e Douglas Souza, mas sem grande efetividade do ataque e sofrendo com os saques forçados, principalmente do central Éder, não conseguiu tirar a diferença. No final, com o ponteiro Alan Patrick ajudando a fechar o fundo de quadra nas defesas, o Sesi-SP venceu por 25 a 19. 

“Fizemos um jogo mal contra o UPCN, não conseguimos imprimir um bom ritmo, eu particularmente também não consegui dar o meu melhor, e hoje foi diferente, conseguimos fazer um trabalho bem feito. O grupo entrou bem, confiante. Nosso saque entrou, nossa defesa funcionou, o contra-ataque, então posso dizer que hoje foi uma vitória completa, fizemos tudo o que foi estudado”, comentou o ponteiro Alan Patrick. 

A sequência da Copa Libertadores de Vôlei só ocorrerá em 2018. Tanto Sesi-SP quanto EMS Taubaté/Funvic volta à quadra pela competição nos dias 15 e 16 de janeiro, quando enfrentarão UPCN e Libertad Burgi Voley, ambos da Argentina, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. 

foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio