(Superliga) Vôlei Renata supera Sada/Cruzeiro na partida de abertura

A Superliga 2018/2019 começou na noite de quarta-feira, com o Vôlei Renata vencendo o atual campeão Sada/Cruzeiro por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/18 e 25/21, no ginásio do Taquaral. O time dirigido pelo técnico Horacio Dileo contou com o apoio de seus torcedores e com o bom desempenho do ponteiro Vaccari, que teve 13 acertos na partida (adiantada da 6ª rodada), para garantir os três pontos. 

O Sada/Cruzeiro abriu o placar do jogo com ace de Le Roux. A equipe mineira seguiu em vantagem e novamente com o francês chegou a 8 a 5. Com Daniel, o Vôlei Renata encostou no placar: 9 a 10. Novamente com o oposto, a equipe de Campinas deixou tudo igual em 11 a 11. Embalado pela torcida, o Vôlei Renata abriu dois de vantagem (14 a 12) e o Sada Cruzeiro pediu tempo. Com dois pontos de bloqueio de Luizinho, o Vôlei Renata chegou a 16 a 14. Com ponto de saque de Rodriguinho, o time cruzeirense marcou 18 a 19 e foi a vez de Horacio Dileo pedir tempo. Os donos da casa voltaram a pontuar e, quando fizeram 21 a 18, o adversário parou o jogo mais uma vez. Bem no saque, o Vôlei Renata venceu por 25 a 20. 

O segundo set começou equilibrado. Com Rodriguinho no contra-ataque, o Sada Cruzeiro abriu dois de vantagem em 7 a 5. Com Fernando Cachopa bem no saque, a equipe mineira ampliou a diferença para 10 a 7 e Horacio Dileo pediu tempo. A parada surtiu efeito e o Vôlei Renata encostou em 11 a 12. Com Michel, a equipe de Campinas virou o jogo (13 a 12). Vaccari pontuou no saque e o Vôlei Renata chegou a 15 a 12. No lance seguinte, 16 a 12. Com Luizinho, o time da casa marcou 19 a 14 e no bloqueio do mesmo jogador, 20 a 14. Luizinho mais uma vez e 22 a 16. E o Vôlei Renata fechou o set em 25 a 18. 

Em um começo de parcial bem disputada, o Vôlei Renata fez 3 a 2 com o central Michel. No bom saque de Daniel, o time de Campinas abriu três de vantagem em 7 a 4, forçando o adversário a pedir tempo. No bloqueio, a equipe campineira marcou 9 a 4. No erro do time mineiro, o Vôlei Renata abriu ampla vantagem: 13 a 7. Com o oposto Daniel pela saída de rede, os donos da casa fizeram 15 a 8. Bruno Temponi bloqueou e levou seu time a 17 a 12. Com Luan, o Sada Cruzeiro reduziu a diferença no placar (14 a 17) e Dileo pediu tempo. Na volta, os cruzeirenses ainda fizeram 15 a 17. No bloqueio simples de Demián, o Vôlei Renata fez 22 a 17. E, no final, com Temponi, o time da casa fechou em 25 a 21. 

“Viemos nos preparando muito forte, não só para ganhar de alguns, mas para ganhar o campeonato. Isso é fruto de muito trabalho. É trabalhar e, na hora do jogo, fazer o que sabe. Estou feliz, mas todo o time está de parabéns. Todos conquistaram essa vitória ponto a ponto. E esse prêmio é de todo mundo”, disse o ponteiro Gabriel Vaccari, dono do primeiro Troféu VivaVôlei da temporada. 

“Estamos com o time em construção. Fizemos um bom Campeonato Paulista, conseguimos jogar bem, temos um time equilibrado e começamos a Superliga Cimed com o pé direito. Todo o nosso time está de parabéns e temos que seguir trabalhando para crescer muito mais. Estou muito feliz de voltar a Campinas, a cidade e ao time que me acolheu tão bem”, disse o levantador Demián Gonzalez. 

“Sabemos da reformulação que passamos, da perda de jogadores como Leal, Simon e Uriarte, e a nossa equipe está começando a se encontrar. Fizemos oito jogos apenas e estamos em busca de um padrão tranquilo de jogo. Isso leva tempo. A nossa equipe vem acostumada ao longo de oito anos jogando quase com a mesma equipe e agora, com essa reformulação, isso não é fácil e requer tempo para estar preparada para jogar”, explicou o ponteiro Filipe, do time mineiro. 

O Vôlei Renata volta à quadra no próximo sábado, às 18h, para enfrentar o São Judas Voleibol, novamente no ginásio do Taquaral, com transmissão ao vivo do Canal Vôlei Brasil. Já o Sada/Cruzeiro jogará nesta sexta-feira, às 20h, contra o Vôlei UM Itapetininga, no ginásio Ayrton Senna. 

Equipes:

Vôlei Renata: Demián Gonzalez, Daniel, Luizinho, Michel, Vaccari, Temponi e Lukinha (líbero)
entraram: Vini
técnico: Horacio Dileo

Sada/Cruzeiro: Fernando Cachopa, Evandro, Le Roux, Isac, Rodriguinho, Filipe e Serginho (líbero)
entraram: Léo, Sandro, Luan e Éder Levi
técnico: Marcelo Mendez

foto: Wander Roberto/Cimed

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio