Superliga 2018/2019: Fiat/Minas

Com sete títulos brasileiros, sendo quatro deles desde a criação da Superliga, o tradicional Minas Tênis Clube entra na edição 2018/2019 como um bom mineirinho, ou seja, quieto, mas comendo pelas beiradas. Vice-campeão estadual, a equipe comandada por Nery Tambeiro mescla experientes atletas com jovens talentos e como é de praxe, o que não faltam são jogadores de qualidades formados no clube de Belo Horizonte. 

Se na Superliga 2017/2018, o Minas Tênis Clube acabou na quinta colocação, o objetivo agora é alcançar novamente as semifinais e para isso a ‘fórmula’ do sucesso não mudou. Nery Tambeiro sabe bem trabalhar com jovens e conta com o levantador Marlon, acostumado a conquistar títulos e que sabe passar sua experiência ao restante do elenco. 

“O principal objetivo do Fiat/Minas é conseguir chegar até a semifinal. Nosso time está um pouco mais maduro, com uma base do ano passado e atletas que chegaram para compor o grupo. O Nery (técnico) está indo para a quinta temporada consecutiva no comando da equipe, tem um trabalho forte e o time está encaixado. A retomada da Fiat como patrocinadora, relembrando o time vencedor da década de 80, também é muito importante. Assim como ter o apoio da Rainha, da Newton e do Hermes Pardini”, afirmou o levantador Marlon. 

Aliás, o ingresso da Fiat como patrocinadora máster da equipe fez com que a diretoria buscasse reforços pontuais e segurasse alguns destaques da temporada passada. Continuam no clube o oposto Felipe Roque, o ponteiro Henrique Honorato e o líbero Maique (este último vice-campeão mundial com a Seleção Brasileira recentemente na Itália), e chegaram o experiente ponteiro Piá (ex-Sesi-SP) e os centrais Rafael (ex-EMS Taubaté/Funvic) e Matheus Bispo (ex-UM Itapetininga). 

“Agora temos este grande desafio da Superliga Masculina, ainda mais para mim, que quero dar sequência ao trabalho que fiz na temporada com a seleção. Tem aquela ansiedade pela estreia, mas vamos em busca da nossa meta de estar entre os três primeiros. Somos uma equipe jovem, mas com talento. Sabemos do desafio, mas vamos confiantes”, afirmou o líbero Maique. 

O Fiat/Minas faz a sua estreia na competição nacional no dia 27, às 18h, diante do Corinthians-Guarulhos, no ginásio da Ponte Grande. 

ANALISE

Pontos Fortes: Conta com a segurança do levantador Marlon. O técnico Nery Tambeiro conhece bem o grupo que tem e pode extrair o melhor, principalmente dos mais jovens.

Pontos Fracos: Falta o atacante de referência, o definidor para os momentos decisivos. Felipe Roque pode ser esse cara para que o torcedor esqueça o cubano Escobar.

Palpite Espaço do Vôlei: Luta para ingressar nas semifinais

foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio