(Paranaense) Caramuru Vôlei vence Copel Telecom/Maringá fatura o tri

O Caramuru Vôlei conquistou o tricampeonato paranaense após vencer o CopelTelecom/Maringá (melhor campanha da fase classificatória) por 3 sets a 1, parciais de 26/28, 30/28, 25/17 e 25/23, no ginásio Chico Neto. A equipe ponta-grossense já havia vencido a primeira partida da final pelo mesmo placar na Arena Multiuso, e com isso fechou a série decisiva em 2 a 0. 

“Tem uma coisa que a gente está buscando nos treinamentos, em nossas conversas, que é tornar o time casca grossa e aguerrido. Quando estamos perdendo um set por cinco pontos não podemos desanimar. É esse espírito que estamos construindo. Independente do placar, não tem nenhum set que a gente larga e isso é muito importante e vamos precisar para a Superliga. Comprovamos isso hoje”, enfatizou o ponteiro Matheus, eleito o melhor da partida. 

“Acredito que aquele jogo, onde tudo deu errado, fez a gente acordar. A consciência da equipe, a cobrança sadia interna de vestiário, a equipe ainda jovem mas com uma experiência um pouco maior, veio coroar essa conquista. Para as finais estudamos muito o Maringá, que é um time forte e que vai dar muito trabalho na Superliga, onde acredito que o Paraná estará muito bem representado. Agora aumenta um pouco a responsabilidade do Caramuru, mas estamos satisfeitos e é isso que a gente quer, a cada dia ter um pouco mais de peso em nossa camisa”, declarou o técnico Fabio Sampaio. 

“Tanto no primeiro jogo da final quanto hoje, pecamos nesse aspecto. Mas o time está de parabéns por ter lutado em um jogo muito difícil, pegado do início ao fim, onde jogamos sob pressão o tempo todo. É um grupo que está se formando agora e estamos trabalhando firme para chegar na Superliga sem esses erros”, disse o ponteiro do Copel Telecom/Maringá, Sergio Felix. 

O campeão Caramuru Vôlei ainda colocou quatro jogadores na seleção do Paranaense, casos do ponteiro Peron, o central Pedrão, o líbero Mendelson e o oposto Leozão (eleito o MVP do campeonato). O Copel Telecom/Maringá levou os prêmios individuais com Rodrigo Ribeiro (levantador), Lucas Borges (oposto) e Sérgio Felix (ponteiro). A AVP-Palmas/Guararapes/Sudati ficou representada pelo central Dutra. 

foto: Josi Schmidt/FPV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Invicto no Espanhol, Palma Volley conta com bom momento do ponteiro Zóio