(Copa Pan-Americana) Seleção Brasileira de novos fica com a medalha de prata

Depois de três resultados positivos na fase classificatória e mais um na semifinal, a Seleção Brasileira de novos acabou superada pela Argentina por 3 sets a 2, parciais de 27/25, 17/25, 22/25, 27/25 e 10/15, na decisão da Copa Pan-Americana, que foi disputada em Veracruz, no México. Além da medalha de prata, dois jogadores do Brasil entraram para a seleção do campeonato. Flávio foi o melhor central e Alan foi eleito o melhor oposto 

“O campeonato foi muito disputado jogo por jogo isso é muito bom, principalmente para o time que está aqui. Entramos em um grupo mais novo, que veio para classificar o Brasil e para aprender, ganhar rodagem. Tenho certeza que todos nós aprendemos bastante e na próxima competição vamos estar ainda mais bem preparados”, disse Alan (maior pontuador da competição), se referindo a classificação para os Jogos Pan-Americanos de 2019, que serão em Lima, no Peru. 

“Um jogo de 3 a 2 é sempre muito duro, disputado, e as duas seleções estavam muito bem. Foi uma partida realmente bem jogada. O que decidiu para o lado da Argentina foram os momentos de definição, que eles foram melhores. No tie break, eles começaram muito bem, abriram vantagem e, em um set curto, fica difícil de buscar”, comentou o central Flávio, que também falou sobre estar na seleção do campeonato 

“Fiquei muito feliz com a premiação individual. É o reconhecimento do trabalho que venho fazendo no clube e na seleção. É algo que motiva para continuar o trabalho, especialmente depois de uma derrota, que não é o que esperamos. Mas, sei que tem muito chão pela frente e vamos continuar trabalhando para buscar cada vez mais evoluir”, complementou o central. 

“Foi uma disputa bonita, mas com alguns erros que não poderiam acontecer, obviamente nos sets em que perdemos. Contra um time como a Argentina, que erra pouco, acabamos pagando um preço muito alto por isso. Mas, essa oportunidade foi muito importante. Uma pena não ter alcançado o lugar mais alto do pódio, mas vamos todos aprendendo. Fica a alegria de ter tido essa chance, e agradeço a oportunidade por essa missão”, concluiu o técnico Giovane Gavio. 

foto: Andrés Olvera A.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga