Sesi-SP renova com Gustavão e acerta retorno de campeão olímpico Éder

Pensando na temporada 2018/2019, a diretoria do Sesi-SP confirmou a renovação de contrato do central Gustavão e anunciou a contratação do campeão olímpico Éder. Os dois serão titulares na equipe comandada por Rubinho, que já acertou as permanências dos levantadores William e Evandro, dos opostos Alan e Franco, dos líberos Murilo e Pureza, além dos ponteiros Lipe e Renato. 

Éder estava no voleibol italiano, mais precisamente no Trentino, um das equipes mais tradicionais do mundo. Aos 34 anos, o campeão olímpico Rio/2016 volta a vestir a camisa do Sesi-SP na busca pelo seu 8º título de Superliga, algo que conquistou nas temporadas 2005/2006, 2007/2008, 2008/2009, 2009/2010, 2013/2014, 2014/2015 e 2015/2016. 

Além do Sesi-SP, onde esteve na temporada 2012/2013, o gaúcho de Farroupilha defendeu a UCS, a Cimed, de Florianópolis, o Sada/Cruzeiro e a Funvic/Taubaté. Com a camisa da Seleção Brasileira, além do ouro no Rio/2016, levantou inúmeros títulos, como Liga Mundial, Copa dos Campeões, Sul-Americano e Jogos Pan-Americanos. Recentemente foi convocado por Renan Dal Zotto para a disputa da Liga das Nações. 

Já Gustavão, que também é gaúcho, seguirá mais uma temporada após ser um dos destaques da equipe vice-campeão da Superliga 2017/2018. Aos 32 anos e com 2,15m tem no bloqueio sem principal fundamento, mas também foi importante no ataque, principalmente nos playoffs. 

“Foi um ano ótimo, de muito trabalho e crescimento. Buscamos sempre a melhora da equipe e com isso chegamos à final com jogos equilibradíssimos. Agora vamos dar continuidade no trabalho que vínhamos fazendo, estamos no caminho certo. Não será nada fácil, mas vamos atrás desses detalhes que faltaram para alcançarmos ainda mais”, comentou Gustavão. 

foto: Trentino/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata