Renan Buiatti deixa o Sesc-RJ e acerta retorno ao voleibol italiano

Principal pontuador do Sesc-RJ na última Superliga, o oposto Renan Buiatti terá um novo desafio na temporada 2018/2019. O jogador de 28 anos e 2,17m de altura assinou contrato com o New Mater Volley, da Itália, e nesta sua volta ao país europeu (já atuou no Ravenna e no Monza) terá a missão de ajudar a equipe comandada por Paolo Tofoli a retornar a elite nacional. 

“O Renan irá enriquecer o New Mater com a experiência das últimas temporadas, onde foi o protagonista no Sesc-RJ, que lhe renderam a convocação para a seleção pelo técnico Renan Dal Zotto. Acredito que com (Marco) Falaschi (levantador) pode se entrosar muito bem e nos dar grande satisfação. Ele chega nos oferecendo uma variedade de características de ataque, além de um bom serviço e um bom trabalho de recepção apesar de sua altura. Estamos muito felizes de ter trazido outro gigante do vôlei internacional para Castellana”, declarou o diretor da equipe, Bruno De Mori. 

Nascido em Minas Gerais, Renan surgiu na famosa peneira do Banespa, sendo depois jogador do São Bernardo e do Sesi-SP, onde venceu o Campeonato Paulista na temporada 2013/2014. Após atuar no voleibol italiano retornou ao Brasil em 2016 para vencer o Mundial de Clubes com Sada/Cruzeiro, antes de ser emprestado ao JF Vôlei, onde foi fundamental para colocar a equipe mineira pela primeira vez nos playoffs da Superliga. Na temporada passada ajudou o Sesc-RJ a chegar as semifinais da Superliga e sua primeira participação. 

Com a Seleção Brasileira, Renan Buiatti venceu o Campeonato Mundial Júnior em 2009, jogando no papel central e conquistando o prêmio de melhor bloqueador da competição. No papel oposto conquistou os Sul-Americanos de 2015 e 2017, sendo que no ano passado também levou a Copa dos Grandes Campeões e a medalha de prata na Liga Mundial. 

A equipe de Castellana-Grotte tem como característica apostar em jogadores brasileiros, tanto que na temporada passada contava com os ponteiros Bruno Canuto e Djalma, além do central Athos. Para encarar a Serie A2, o New Mater Voley, além de Renan, já anunciou as chegadas do central Augusto Quarta (ex-Olympia Massa), do levantador Marcos Falashi (ex- Kędzierzyn Koźle, da Polônia) e os ponteiros Mirzajanpour (ex- Sarmayeh Bank, do Irã) e Włodarczyk (ex- ONICO Warsaw, da Polônia). 

foto: Sesc-RJ/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga