(Liga das Nações) Após susto no primeiro set, Brasil passa pelo Japão

Com a formação inicial completamente diferente da partida de sexta-feira, quando venceu a Coreia do Sul por 3 sets a 0, a Seleção Brasileira conseguiu mais uma vitória na etapa goiana da Liga das Nações. Neste sábado, a equipe verde e amarela venceu o Japão por 3 sets a 0, parciais de 26/24, 25/19 e 25/20, na Goiânia Arena. 

O Japão começou melhor e abriu 5 a 3 no começo da partida. No ace de Maurício Souza, o Brasil empatou em 5 a 5. No primeiro tempo técnico, a vantagem era japonesa: 8 a 7. Os japoneses se mantiveram no comando do marcador em 10 a 8. A vantagem aumentou em 12 a 9 e Renan pediu tempo. A seleção reagiu e, com Wallace, empatou: 12 a 12. No bloqueio de Douglas, o Brasil marcou 14 a 13. O set esteve igual em 16 a 16. Na bola de segunda de Bruninho, 18 a 17. O Japão assumiu o comando do placar de novo em 21 a 20 e o Brasil virou em 22 a 21. Os japoneses chegaram ao ponto do set em 24 a 23. No bom saque de Léo, o Brasil marcou 25/24. E, com Evandro a equipe da casa fechou em 26 a 24. 

O segundo set começou melhor para a seleção brasileira que abriu quatro de vantagem em 7 a 3. No ace de Wallace, 9 a 4. Quando Maurício Borges atacou e marcou 11 a 5, a seleção do Japão pediu tempo. No segundo tempo técnico, a equipe da casa estava na frente. A diferença no placar ampliou ainda mais em 18 a 11. O Japão reagiu, chegou a 15 a 19 e foi a vez de Renan parar o jogo com pedido de tempo. O Brasil fez 22 a 18. No bloqueio, o Brasil fechou em 25 a 19. 

A seleção japonesa teve um de vantagem no começo do terceiro set em 5 a 4. No bloqueio de Douglas e Maurício Souza, o Brasil assumiu o comando do marcador e fez 6 a 5. Com mais um ponto de bloqueio, dessa vez no simples de Wallace, a equipe verde e amarela fez 8 a 5. Ponto de saque de Maurício Souza e 10 a 6. Depois de uma bola bastante disputada, Wallace pontuou e fez 12 a 8. Lucão marcou 14 a 9. O placar ainda foi a 19 a 13. O Japão reduziu a diferença em 19/23. No final, a seleção brasileira fechou em 25 a 20. 

“O nosso time não depende só de um jogador. Tudo que acontece, todos os resultados, as vitórias, tudo isso é fruto de muito trabalho. Todos aqui nesse grupo se doam ao máximo e por isso temos conquistado tanta coisa boa”, afirmou o oposto Wallace, que anotou 15 acertos. 

“Temos que estar sempre pronto para fazer um grande jogo, quem quer que esteja dentro de quadra (...) Estou satisfeito pelo resultado. Vencer é sempre importante, mas temos muito a melhorar. O primeiro set foi bastante nervoso. Não podíamos ter deixado o set chegar ao 24/24 porque poderia ser perigoso. Erramos muitos saques e depois jogamos bastante focados. Importante o time estar com a postura correta e sabendo que temos que continuar crescendo”, comentou o levantador Bruninho. 

“Ótimo resultado, um 3 a 0 importante, já que o Japão vem tirando pontos de muitas seleções neste início de campeonato. Eles mexeram bem o time de ontem para hoje e até ajustarmos as marcações demorou um pouco, mas depois fomos bem. Olhando para frente, precisamos melhorar várias coisas, mas como resultado foi muito bom”, concluiu o treinador Renan Dal Zotto. 

O próximo desafio da seleção brasileira será já neste domingo, quando fará o último jogo em casa. A partida será às 11h40min, novamente na Goiânia Arena, com transmissão ao vivo do SporTV 2. 

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Maurício Souza, Lucão, Maurício Borges, Douglas e Thales (líbero)
entraram: William, Evandro e Léo
técnico: Renan Dal Zotto

Japão:
Otake, Takano, Takahashi, Sekita, Asano, Fushime e Tsuiki (líbero)
entraram: Fujii, Fukuzawa, Yamauchi e Ri
técnico: Yuichi Nakagaichi

foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata

Com jogos ao vivo na web, Taça Prata começa nesta terça-feira em Itapetininga