Monte Claros Vôlei oficializa cessão de vaga na elite para o Corinthians-Guarulhos

O que vinha sendo especulado pela imprensa nos últimos dias acabou se oficializando nesta quinta-feira. O gestor do Montes Claros Vôlei, Andrey Souza, confirmou que a o clube dará uma pausa na próxima temporada e cederá sua vaga na elite para o Corinthians-Guarulhos. A negociação concede ao clube paulista o direto de utilizar o CNPJ da Associação Educacional Esportiva e Social do Brasil, que gera o Pequi Atômico. 

“Acreditamos que esta pausa será importante para todos nós, gestão refletindo sobre suas práticas, apoiadores e torcedores. Poderemos refletir o quão importante é termos uma equipe de voleibol na cidade, dando visibilidade a toda nossa região, a importância de prestigiar esta equipe indo aos jogos no ginásio, cobrando sempre, mas apoiando e entendendo a capacidade do projeto. Além disso, sabemos o quanto é importante para nossas crianças e jovens ter exemplos e referências esportivas tão próximas”, disse Andrey Souza através das redes sociais, que fez questão de projetar a volta da equipe na temporada 2019/2020. 

“O Montes Claros Vôlei também é de grande valia para a economia da cidade, a movimentação provocada pela equipe durante os dez meses de execução do projeto durante cada temporada, gerando empregos, movimentando o comércio e por fim o quão é importante ter algo que nos represente no cenário nacional e hoje até internacional de forma positiva como este projeto vem representando. E justamente por saber da importância deste projeto para todos, este é apenas um até breve e com a certeza de que voltaremos com as baterias recarregadas para a temporada 2019/2020”, finalizou o dirigente. 

Essa situação ocorreu, já que Corinthians-Guarulhos e a Associação Esportiva e Cultural São Bernardo (detentora do CNPJ) não chegaram a um acordo para a temporada 2018/2019. Com isso, dirigentes do Timão foram atrás de parceiros, encontrando no Montes Claros Vôlei a solução para permanecer na elite. Além disso, o clube trabalha na montagem de um time (com o CNPJ próprio) que disputaria a próxima edição da Superliga B. 

foto: Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata