Com Murilo e Alan, Renan Dal Zotto fecha convocação com nove atletas que estiveram na final da Superliga

Na última segunda-feira, o técnico Renan Dal Zotto anunciou a convocação de onze jogadores (nove que estiveram na final da Superliga 2017/2018) e dois que estavam treinando com a Seleção Brasileira como convidados. Os atletas foram chamados para os compromissos deste ano: Liga das Nações, Copa Pan-Americana e Campeonato Mundial. 

Foram chamados o levantador William, o central Lucão, os ponteiros Douglas Souza e Lipe, o oposto Alan e o líbero Murilo (todos do Sesi-SP). Do Sada/Cruzeiro foram convocados o oposto Evandro, o central Isac e o ponteiro Rodriguinho, além dos ponteiros Léozinho (JF Vôlei) e Victor Birigui (UM Itapetininga), que tinham sido convidados anteriormente. 

Já estão treinando com a Seleção Brasileira em Saquarema os levantadores Bruninho (Modena, da Itália) e Thiaguinho (Sesc-RJ), os opostos Wallace (EMS Taubaté Funvic) e Renan (Sesc-RJ), os centrais Maurício Souza (Sesc-RJ), Otávio (EMS Taubaté Funvic/SP) e Éder (Trentino, da Itália), os ponteiros Maurício Borges (Sesc RJ) e Lucas Lóh (Halkbank, da Turquia) e o líbero Thales (EMS Taubaté Funvic/SP). 

O calendário da seleção brasileira em 2018 terá início com a Liga das Nações, de 25 de maio a 8 de julho. Depois a equipe terá a Copa Pan-Americana, de 12 a 20 de agosto, no México, e o Campeonato Mundial, que será na Bulgária e na Itália, de 10 a 30 de setembro. 

Analisando esses 21 nomes pode se ver que a espinha dorsal da Seleção Brasileira segue a mesma, com exceção de Lucarelli, que segue se recuperando de lesão em Taubaté. Por conta disso, Renan Dal Zotto dá a oportunidade para os jovens Leozinho e Victor Birigu, sendo que Lucas Lóh e Douglas Souza precisam mostrar a que vieram para tirar a titularidade dos experientes Maurício Borges e Lipe. Entre os levantadores, Bruninho e William não peças insubstituíveis, enquanto no meio de rede, a briga fica por saber se Otávio e Isac conseguirão bater alguém do trio (Lucão, Maurício Souza e Éder). Já no quesito oposto Wallace é o grande referencial, com Evandro sendo eu reserva imediato, mas com Alan (a frente de Renan) querendo seu espaço. 

Para fechar falaremos do líbero, onde foram chamados Thales e Murilo. O primeiro disputou ganhou a posição de titular no ano passado superando Tiago Brendle, que acabou não sendo convocado. Já o segundo, chega após ingressar na posição em apenas seis meses, mas com o peso de ter sido um dos principais jogadores da Seleção Brasileira nos últimos anos. 

foto: Divulgação/FIVB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem apoio e problemas de estrutura, Rádio Clube/AVP decide fechar as portas

Com novidades, Apan/Barão/Esferatur/Blumenau só pensa na Superliga B

Representando o Norte e o Amazonas, AA Nilton Lins encara a Taça Prata